FIA divulga primeiro BoP para o WEC

protótipo da Alpine será mais leve que o da Toyota. (Foto: Alpine)

A organização do Mundial de Endurance divulgou nesta sexta-feira, 23, o BoP inicial para a temporada 2021 do WEC. As alterações técnicas foram divulgadas antes dos testes oficiais, que acontecem na próxima semana. 

Os pesos mínimos, a energia máxima de restrição e os níveis de potência foram definidos para o Toyota GR010 Hybrid e Alpine A480 Gibson LMP1, que serão os únicos carros da classe LMH que estarão na etapa de Spa-Francorchamps. 

Pesando 1.040 kg, o Toyota terá uma potência máxima de restrição de 964 MJ e potência de pico de 520 kW (697 cv). Já o Alipine que será 110 kg mais leve com 930 kg, mas terá energia reduzida por stint (920 MJ) e uma potência máxima de 450 kW (603 HP).

BoP das classes GTE

Um novo sistema BoP substituiu a Equivalência de Tecnologia (EoT) anterior na classe superior do campeonato na nova classe LMH. O BoP inicial da classe GTE-Pro e GTE-Am  também foi definido antes do início da ação na pista na próxima segunda-feira.

Tanto o Ferrari 488 GTE Evo quanto o Porsche 911 RSR-19 terão pesos mínimos quase idênticos de 1260 kg e 1259 kg, respectivamente, enquanto o Chevrolet Corvette C8.R tem peso mínimo de 1235 kg.

A potência para o Ferrari equipada com motor turbo e Porsche e Corvettes aspirados também foram definidas. A classe GTE-Am, que contará com o Porsche de 2019 pela primeira vez, vê um desempenho ligeiramente reduzido se comparado  a classe Pro, como aconteceu nas temporadas passadas.

O Porsche, funcionará com um restritor de ar de 30,3 mm (x2) na classe GTE-Am e de 30,8 mm na classe GTE-Pro.

Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.