Wayne Taylor Racing vence em Laguna Seca pela IMSA

(Foto: Divulgação)

A Wayne Taylor Racing venceu na tarde deste domingo, 12, a etapa de Laguna Seca da IMSA. Ricky Taylor e Filipe Albuquerque que pilotaram o Acura #10 venceram e ampliaram a pontuação da classe DPi.

Taylor encerrou a prova, encerrou a prova com uma diferença de 14.875 segundos sobre o Cadillac #01 da equipe Chip Ganassi Racing de Renger van der Zande, que ainda tentou um último golpe, tentando alcançar a liderança da prova, nos momentos finais. Oliver Pla e e Dane Cameron lideraram a maior parte da corrida no Acura #60 da MSR, depois de aumentar a vantagem após uma bandeira amarela no início da corrida.

O francês fez sua última parada a 53 minutos do fim e emergiu como o líder quando Taylor fez sua terceira e última parada cerca de dez minutos depois. No entanto, Pla então entrou em modo de economia de combustível, entregando a liderança e eventual vitória de volta para o #10 faltando 25 minutos para o fim.

Resultado final 

Esta foi a terceira vitória de Taylor e Albuquerque na temporada. Pla cruzou a linha em quarto lugar, atrás do #31 da Action Express Racing Cadillac de Pipo Derani, que perdeu o segundo lugar nos minutos finais para van der Zande. Os dois carros fizeram um leve contato enquanto lutavam por uma posição.

Harry Tincknell e Oliver Jarvis terminaram em quinto com o Mazda RT24-P #55. Um giro no pit lane para Tristan Vautier fez com que o Cadillac #5 JDC-Miller Motorsports teve que abandonar a prova. 

Na classe LMP2 a equipe PR1 / Mathiasen Motorsports conquistou sua terceira vitória na temporada, após uma corrida tranquila para os pilotos Ben Keating e Mikkel Jensen. Jensen chegou com o #52 13 segundos à frente do #8 da Tower Motorsport dos pilotos Gabriel Aubry e John Farano após um problema na última volta para a equipe Era Motorsport. 

Na classe GTLM  a vitória ficou com o Corvette #4 de Nick Tandy e Tommy Milner. Foi o terceiro primeiro lugar na classe em 2021 e a primeira vitória da Corvette em Laguna Seca em sete anos. O rápido trabalho no box colocou Tandy na frente do Corvette #3 de António Garcia na última rodada de paradas, apesar do inglês travar os freios na saída do pit e sair da pista. 

O Porsche #79 da WeatherTech Racing de Cooper MacNeil e Matt Campbell terminou na terceira posição da classe. A equipe Pfaff Motorsport venceu na classe GTD com o Porsche #9 de Laurens Vanthoor e Zach Robichon após uma parada lenta do BMW #96 de Turner Motorsports que liderava a classe. 

Auberlen e Robby Foley lideraram a maior parte da corrida até a segunda e última parada do carro, a 1 hora e 7 minutos do fim, que acabou dando problema. Assim a liderança caiu nas mãos de Vanthoor. O Porsche #9 encerrou a prova com uma diferença de 5.512 segundos sobre o Lamborghini #1 da Paul Miller Racing de Bryan Sellers, que também se aproveitou dos erros da equipe Turner nos boxes.

O Porsche #16 da Wright Motorsports de Trent Hindman e Patrick Long chegou em terceiro, graças a uma ultrapassagem de Long sobre Bill Auberlen. O quinto lugar ficou com o Aston Martin #23 da Heart Of Racing Team. 

 

Published
2 semanas ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.