Peugeot apresenta o 9X8 para competir no WEC

(Modelo não possuí asa traseira. (Foto: Divulgação)

Em um comunicado de imprensa divulgado nesta terça-feira, 06, a Peugeot apresentou o 9X8, Hypercar que o fabricante francês irá disputar o Mundial de Endurance a partir de 2022.  

O Peugeot 9X8 usa a nomenclatura ‘900’ usada para as antigas máquinas de corrida de endurance Peugeot, enquanto a parte ‘X’ representa a tecnologia de tração nas quatro rodas e o trem de força híbrido do carro LMH. O elemento ‘8’ deriva dos atuais produtos de carros de estrada da Peugeot.

A característica mais marcante do 9X8 é a ausência de uma asa traseira. Segundo a Peugeot, a “maior flexibilidade” permitida pelos regulamentos técnicos do LMH em termos de aerodinâmica permitiu à empresa “permitir um pensamento radicalmente novo” no design do automóvel.

Os trabalhos estão a cargo do diretor técnico do WEC da Peugeot, Olivier Jansonnie, que  trabalhou com uma equipe liderada pelo Diretor de Design Esportivo da Peugeot, Matthias Hossann.

“Os novos regulamentos de Hypercars foram elaborados para nivelar a importância dos sistemas convencionais de aumento de desempenho”, explicou Jansonnie.

“Projetar o 9X8 foi uma experiência apaixonante porque tivemos a liberdade de inventar, inovar e explorar maneiras incríveis de otimizar o desempenho do carro e, mais especialmente, sua aerodinâmica”, disse. 

“Os regulamentos estipulam que apenas um dispositivo aerodinâmico ajustável é permitido, sem especificar a asa traseira. Nosso trabalho de cálculo e simulações revelou que o alto desempenho era efetivamente possível sem ele”

Modelo possui motorização híbrida. (Foto: Divulgação)

De acordo com a Peugeot, remover a asa traseira “proporcionou a liberdade de projetar o tipo de silhueta elegante que não era vista há décadas”. A parte traseira do carro inclui um grande difusor, acima do qual o termo ‘não precisamos de uma asa traseira’ foi gravado.

Outros elementos de design 9X8 incluem recursos aerodinâmicos triangulares que abrigam os espelhos retrovisores laterais, uma dianteira agressiva e luzes que refletem a marca de três traços da Peugeot.

“Como o 9X8 é um Peugeot, o esboço original que orientou nosso trabalho retrata um grande gato pronto para atacar, uma postura que sugerimos pela cabine ligeiramente inclinada para a frente”, disse Hossann. “As linhas gerais do Peugeot 9X8 expressam as sugestões de estilo da marca, enquanto suas formas elegantes, vigorosas e elegantes inspiram emoção e dinamismo”.

Os pilotos da Peugeot

O fabricante também anunciou os pilotos Kevin Magnussen, Loic Duval, Gustavo Menezes, Mikkel Jensen, Jean-Eric Vergne e Paul di Resta. James Rossiter será o piloto reserva. O teste Dyno do motor de combustão interna V6 biturbo 2.6 litros de 500 kW do veículo começou em abril. O motor elétrico de 200 kW está em fase de montagem.

“Nosso objetivo com relação aos nossos requisitos de energia é confiabilidade sem falhas e controle perfeito”, disse Jean-Marc Finot, chefe da Stellantis Motorsport.

“Le Mans se tornou uma corrida de velocidade de 24 horas que pode ser ganha ou perdida com o número de vezes que você vai nos boxes. A excepcional eficiência energética dos novos Hypercars prefigura o que veremos em breve no mundo dos carros de rua”.

“Esta consideração teve uma influência fundamental no nosso trabalho no pacote Peugeot 9X8, cada aspecto do qual deve contribuir para alcançar a eficiência, desde a motorização à aerodinâmica.”

A CEO da Peugeot, Linda Jackson, comentou: “Eu conheço as equipes da Peugeot Design e da Peugeot Sport e elas sempre produzem um trabalho inovador e de qualidade, mas tenho que admitir que estou impressionado com o 9X8”.

“É simplesmente magnífico. A forma como suas linhas inovadoras e fluidas exalam uma identidade de marca tão poderosa é magistral”, finalizou. 

Published
5 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.