IMSA poderá voltar a competir em Indianápolis

(Foto: Divulgação)

A possibilidade da IMSA voltar a competir no circuito de Indianápolis em um futuro próximo, é real. A afirmação foi dada pelo presidente da entidade, John Doonan, neste sábado, 17, em Lime Rock. 

Doonan não especificou uma data para a realização da prova, mas a intenção existe. O dono da circuito, Roger Penske, já demonstrou interesse na realização de corridas de endurance na pista. 

“Acho que Roger disse em suas citações que falou conosco e falou”, disse Doonan ao site Sportscar365. “Continuamos conversando com eles sobre um evento no Indianapolis Motor Speedway”.

“Ainda não tomamos nenhuma decisão, mas definitivamente estamos em comunicação com eles sobre uma potencial corrida de carros esportivos lá. Pode ser no próximo ano; pode ser em 2023 ou 2024. Acho que a intenção existe em algum momento. Só não temos certeza de quando”, explicou. 

A IMSA competiu em Indianápolis pela última vez em 2012,quando Grand-Am fez sua estreia lá como parte de uma corrida de apoio para o Brickyard 400, um evento que durou até 2014. Doonan disse que qualquer mudança no calendário seria considerada com “sensibilidade” e feedback de suas partes interessadas.

“Obviamente, tive a oportunidade de assumir essa função diretamente de um programa de equipe”, explicou ele.

“Quando tomamos esse tipo de decisão, tomamos muito cuidado com os custos associados ao acréscimo de qualquer quantidade de tempo ao orçamento da temporada, seja uma corrida adicional de duas horas ou uma corrida adicional de longa distância”.

“Portanto, temos que ter muito cuidado ao tomar esse tipo de decisão”, enfatizou. 

Existe ainda a possibilidade de tornar o circuito de Indianápolis uma etapa longa, válida pelo Michelin Endurance Cup. O dirigente não negou, mas afirmou que a possibilidade existe. 

“Há espaço,” ele disse. “Você pode alterar qualquer fim de semana para ser mais longo. “Mas quais são as ramificações disso e acho que é algo que precisamos ser sensíveis ao custo de operações, viagens, todos os consumíveis em um fim de semana. Você tem que ter cuidado”.

“Como regras e estruturas de classe, não queremos tomar essas decisões sem a contribuição das partes interessadas”.

“Estamos em uma variedade de comprimentos de acordos de sanções. Temos horários definidos. Temos quatro eventos da Michelin Endurance Cup. Você poderia adicionar um?”

“Precisávamos falar com  Michelin sobre isso e, mais uma vez, temos de estar atentos à duração dessa corrida. Ainda temos muito trabalho a fazer antes de tomarmos uma decisão”, finalizou.

Published
3 semanas ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.