G-Drive Racing vence em Paul Ricard pela ELMS

(Foto: Divulgação)

Os pilotos da equipe G-Drive Racing, Nyck de Vries, Roman Rusinov e Franco Colapinto venceram na manhã deste domingo, 06, a etapa de Pau Ricard do European Le Mans Series. Esta foi a primeira vitória da equipe Russa na temporada.

O Aurus 01 #26 foi seguido pelos dois Oreca 07 da equipe United Autosports. Os líderes da classe LMP2, a WRT Racing, terminou em quinto lugar e manteve a liderança do campeonato após vencer as duas primeiras etapas.

De Vries cruzou a linha seis segundos à frente de Tom Gamble no Oreca #22, que também contou com Phil Hanson e Jonathan Aberdein. Depois de conquistar a pole no sábado, de Vries observou Rusinov iniciar a prova, mas o robusto G-Drive não conseguiu segurar a posição sendo superado pelo piloto Yifei Ye da WRT  na curva 1.

Resultado final

O piloto chinês liderou seguido por Rusinov e Hanson durante as primeiras voltas, que terminou sob condições de Full Course Yellow por conta de um protótipo LMP3 parado.

Ye mantinha a liderança, mas a vantagem de seu Oreca havia sido diminuída no final da primeira hora devido a um safety car que colocou Colapinto, que substituiu Rusinov, no encalço do carro da WRT.

Robert Kubica recuperou parte da diferença após substituir Ye, mas o G-Drive conseguiu superar o WRT na penúltima rodada de paradas com de Vries retornando à pista na frente de Deletraz faltando 90 minutos 

Tanto de Vries quanto Louis Deletraz do WRT estavam atrás do #32 da United Autosports de Job van Uitert, saindo dessa última sequência de boxes. De Vries foi ao encalço de van Uitert nas voltas seguintes até encontrar espaço suficiente para fazer uma ultrapassagem na curva 5 na hora final.

Nos 15 minutos seguintes, Gamble ultrapassou Deletraz e van Uitert para colocar o #22 da United em segundo, enquanto a aposta do WRT por um hat-trick de vitórias evaporou quando um Full Course Yellow ocorreu após Deletraz ter entrado para o seu pit stop final.

O piloto suíço também precisou passar por uma penalidade de cinco segundos por uma infração no início da corrida. A punição fez o Oreca da WRT ficar na quinta posição, atrás do Oreca da equipe Duqueine de Tristan Gommendy, Rene Binder e Memo Rojas.

De Vries manteve-se à frente após a última para nos boxes ​e conseguiu manter Gamble afastado para garantir a primeira vitória do G-Drive desde as 4 Horas de Portimão em novembro de 2020.

O #22 da United Autosports Oreca, estava usando uma estratégia alternativa para os outros líderes do LMP2 depois que Hanson encontrou um furo em um dos pneus nos estágios iniciais. Gamble terminou com 18 segundos de vantagem sobre van Uitert, que se juntou a Manuel Maldonado e Nico Jamin, com o Duqueine em quarto. 

Briga também na classe LMP2-Am/Pro

Harry Tincknell, Charlie Eastwood e Salih Yoluc venceram com o Oreca #34 Racing do Team Turkey na classe LMP2 Pro-Am. O #24 da Algarve Pro Racing terminou em sétimo, com o IDEC Sport em oitavo e o  G-Drive #25 em nono, depois de largar no final do grid. 

Na classe LMP3 a vitória ficou com Laurents Hoerr e Jean-Philippe Dayraut no #4 da DKR Engineering que compete com um Duqueine D08 Nissan. A DKR deu o pontapé inicial na sua campanha após terminar no pódio nas rodadas um e dois, com Hoerr trazendo o carro para a bandeira quadriculada 24 segundos à frente do líder do campeonato, o Ligier da Cool Racing de Nicolas Maulini, Matt Bell e Niklas Kruetten.

A Cool Racing  quase conquistou a terceira vitória consecutiva, mas ainda assim deu um passo significativo rumo à medalha de prata no final da temporada, já que seus rivais mais próximos na competição, a Inter Europol, não completaram a prova. Rob Wheldon, Wayne Boyd e Edouard Cauhaupe completaram o pódio com o Ligier #2 da United Autosports.

Na classe GTE, a Ferrari da equipe Iron Lynx  realizou uma prova dominante. Rino Mastronardi, Matteo Cressoni e o piloto de fábrica Miguel Molina aumentaram sua pontuação no campeonato. Os vencedores do 4 Horas de Barcelona terminaram em terceiro no Red Bull Ring, mas se recuperaram na França.

Matt Griffin, Duncan Cameron e David Perel ficaram em segundo com a Ferrari da Spirit of Race. Emmanuel Collard, Alessio Rovera e François Perrodo terminaram em terceiro com a Ferrari da  AF Corse.

A quarta etapa do ELMS acontecerá no dia 11 de julho, em Monza. 

 

Published
1 semana ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.