“É muito difícil se recuperar numa pista de rua”, afirma Pipo Derani, depois do quinto lugar em Long Beach

"É muito difícil se recuperar numa pista de rua", afirma Pipo Derani, depois do quinto lugar em Long Beach

Laguna Seca receberá a quarta etapa do ano. (Foto: Brian Cleary)

Atual campeão do IMSA WeatherTech SportsCar Championship, o brasileiro Pipo Derani foi o quinto colocado na terceira etapa da temporada 2022, realizada neste sábado (9), no circuito de rua de Long Beach.

Desse modo, após conquistar o quarto lugar no grid com o #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R, da equipe Action Express Racing, o piloto já aparecia entre os três primeiros na sexta volta da prova, que teve 100 minutos de duração.

Além disso, na volta 23, o brasileiro fez mais uma excelente manobra sobre o Acura #60 para assumir a segunda posição. No entanto, logo depois, Derani acabou escapando na curva 5 e caiu para terceiro. Na volta 25, ele trouxe o Cadillac #31 para os boxes, para troca de pneus, reabastecimento e a entrada do companheiro Tristan Nunez.

Leia também: Chip Ganassi vence em Long Beach pela IMSA

O norte-americano voltou para a pista na sexta posição, mas infelizmente duas voltas depois teve um problema elétrico na reta do circuito e ficou parado. Quando conseguiu religar o carro, já havia perdido uma volta para o líder.

Neste momento, a equipe precisou de cuidado para retornar à volta do líder, o que conseguiu na volta 45, após uma bandeira amarela para reparos na pista.

Restando 42 minutos, Nunez trouxe o carro para os boxes e o brasileiro voltou para o final da disputa. Acima de tudo, o brasileiro estava em sexto lugar e, após mais duas bandeiras amarelas na pista, subiu para quarto.

Sobretudo, faltando dois minutos, Derani e o Acura #60 travaram uma disputa apertada pelo terceiro lugar. Os dois carros acabaram se tocando no hairpin e foram ultrapassados pelo Cadillac #5. Entretanto, Derani ainda foi para a cima e tentou se recuperar, mas restando poucos minutos, cruzou a linha de chegada em quinto.

Prova Complicada para Pipo Derani

“É muito difícil se recuperar numa pista de rua num ritmo normal. Não temos muitos pontos para ultrapassar. Consegui fazer algumas manobras e, no final, estava brigando pelo terceiro lugar, mas fui empurrado pelo Acura e o Cadillac #5 nos ultrapassou”, contou Derani.

“Foi um grande resultado para a Cadillac (que colocou três carros no pódio), mas para nós foi decepcionante. Tentamos de tudo para voltar à disputa e andar na frente, mas ficamos aquém”, lamentou.

“Mas corridas são assim. Agora temos de reagrupar tudo e ver o que precisamos melhorar na próxima oportunidade”, finalizou Derani, de 28 anos.

O brasileiro e Nunez estão na sexta posição do campeonato, com 924 pontos, 81 atrás dos líderes na DPi. Após três etapas, eles têm um pódio, conquistado nas 12 Horas de Sebring em março.

Finalizando, a próxima etapa da temporada acontecerá em Laguna Seca, entre os dias 29 de abril e 1º de maio.

Resultado da etapa de Long Beach (DPi):
1. R. van der Zande / S. Bourdais (Cadillac DPi) 73 voltas em 1:40:48.134
2. E. Bamber / A. Lynn (Cadillac DPi) + 3.761
3. 7615T. Vautier / R. Westbrook (Cadillac DPi) + 9.048
4. O. Jarvis / T. Blomqvist (Acura DPi) + 10.014
5. P. Derani / T. Nunez (Cadillac DPi Whelen Engineering Racing) + 10.535
6. R. Taylor / F. Albuquerque (Acura DPi) + 11.979

Published
2 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.