Toyota vence no Bahrein e garante título no WEC

Toyota vence na classe Hypercar e fatura mundial de construtores. (Foto: Toyota)

A Toyota venceu na manhã deste sábado, 30, as 6 Horas o Bahrein, penúltima etapa da temporada 2021 do Mundial de Endurance. Kamui Kobayashi, Mike Conway e José Maria Lopez aumentaram sua vantagem de pontos com uma vitória dominante sem erros. 

O Toyota #7 venceu com uma diferença de 51.401 segundos para o Toyota #8, que enfrentou problemas durante uma parada nos boxes e um desgaste maior de pneus. Mesmo largando na pole, o #8 pilotado por Sebastien Buemi liderou até a primeira das três chamadas ultrapassagens ordenadas pela equipe. Foram duas ultrapassagens nas primeiras duas horas de prova. 

Um pit stop mais lento em duas ocasiões, incluindo um para um aparente problema na porca da roda, viu Buemi e os co-pilotos Brendon Hartley darem uma vantagem considerável para o #7 pilotado por Kazuki Nakajima assumiu a liderança. 

Resultado final

Esta foi a terceira vitória consecutiva  do #7, ampliando a liderança no campeonato para 15 pontos em relação ao #8. A vitória também foi suficiente para o fabricante japonês conquistar seu terceiro título consecutivo no campeonato mundial.

Team WRT vence na classe LMP2. (Foto: DecancqPhoto)

Em terceiro o Alpine A480 de Nico Lapierre, André Negrão e Matthieu Vaxiviere. O LMP1 tocou no Porsche #88 da Dempsey Proton Racing de Khaled al Qubaisi, que foi considerado culpado.

A equipe WRT obteve sua segunda vitória consecutiva na classe LMP2 com Robin Frijns, Ferdinand Habsburg e Charles Milesi assumindo a liderança de pontos no campeonato. Após uma primeira metade da prova com diversas batalhas e estratégias de pneus, a equipe belga emergiu como a líder, com  Frijns terminando a prova com uma vantagem de 1 minuto e 1.872 segundos à frente do #28 da equipe JOTA. O segundo lugar ficou com o #38 também da equipe JOTA, após o #22 da United Autosports pilotado por Filipe Albuquerque ter sido o culpado por um toque no #34 da Inter Europol pilotado por Renger van der Zande. O time inglês terminou em terceiro. 

Na classe LMP2 Pro-Am, a vitória ficou com o Oreca #29 do Team Nederland de Frits van Eerd, Giedo van der Garde e Job van Uitert. 

Porsche vence na classe GTE-Pro

Porsche com dobradinha na classe GTE-Pro. (Foto: Porsche)

Kevin Estre e Neel Jani venceram com o Porsche #92, obtendo a terceira vitória da dupla na temporada. A dupla do #92 dominou a classe do início ao fim, com Estre terminando 0,690 segundos à frente do companheiro de equipe Gianmaria Bruni.

A Ferrari #51 de James Calado e Alessandro Pier Guidi completou o pódio em terceiro, com uma diferença de 35 segundos. Ambas as Ferraris foram incapazes de acompanhar o ritmo dos Porsches. 

TF Sport vence na classe GTE-Am. (Foto: Divulgação)

Na classe GTE-Am, a vitória ficou com o Aston Martin #33 da TF Sport dos pilotos Ben Keating, Dylan Pereira e Felipe Fraga. Em segundo o Porsche #77  recebeu honras de classe apesar de Matt Campbell atacar no final da corrida no No. 77 Dempsey-Proton Racing Porsche que chegou em segundo na classe. Matteo Cairoli levou o #56 do Team Project 1 Porsche ao terceiro lugar, apesar de uma batalha com o #98 da Aston Martin pilotado por Marcos Gomes.

A última etapa do WEC em 2021 acontecerá também no Bahrein no dia 6 de novembro. A prova terá 8 Horas de duração, encerrando a noite.  

Published
1 mês ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.