Porsche realiza primeiro teste com protótipo LMDh

(Foto: Porsche)

A Porsche realizou nesta sexta-feira, 14, o primeiro teste com seu protótipo LMDh, que irá estrear no Mundial de Endurance em 2023. O piloto de fábrica Frederic Makowiecki andou com o protótipo híbrido de 500 kW na pista de testes da Porsche em Weissach. 

O Porsche LMDh foi desenvolvido em colaboração com a Multimatic. Os detalhes técnicos do trem de força além do sistema híbrido de especificações ainda não foram revelados. Makowiecki pilotou o carro com uma pintura camuflada, mas a Porsche revelou pela primeira vez a frente do carro depois de omitir essa parte da carroceria em fotos de estúdio .

O teste de shakedown de sexta-feira foi um marco tanto para a Porsche quanto para a fórmula LMDh, pois marcou o primeiro lançamento de qualquer carro construído de acordo com os próximos regulamentos de alto nível.

BMW, Acura, Audi, Cadillac e Alpine também estão comprometidas com o conjunto de regras LMDh, que permite que as marcas de carros possam competir por vitórias no WEC e IMSA. 

Os protótipos LMDh compartilharão grades de primeira categoria em ambas as séries com carros construídos de acordo com os regulamentos da LMH projetados pelo WEC e pelo organizador de Le Mans, o ACO.

“Estamos muito orgulhosos deste importante passo no processo de desenvolvimento do nosso novo concorrente WEC/IMSA para 2023”, comentou o vice-presidente da Porsche Motorsport, Thomas Laudenbach. “Obrigado a todos os envolvidos em Weissach e no Team Penske.”

Makowiecki acrescentou: “Para ser honesto, foi um lançamento muito positivo. Pudemos fazer algumas voltas e descobrimos que o carro está funcionando como esperado. Agora temos um bom ponto de partida para seguir em frente”. 

 

Published
7 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.