Nielsen Racing com programas no Asian LMS e Le Mans Cup

(Foto: Divulgação)

A equipe Nielsen Racing focará, seus esforços nos campeonatos Asian Le Mans Series e Michelin Le Mans Cup. O piloto Colin Noble venceu a Michelin Le Mans Cup na temporada passada ao lado de Tony Wells e retorna à equipe Nielsen Racing para defender seu título europeu. Ele também competirá nas quatro etapas da Asian Le Mans Series, realizada nos Emirados Árabes Unidos.

Seu terceiro título na LMP3 (depois da UK LMP3 Cup e da Asian Le Mans Series) resultou em sua classificação de pilotos da FIA passando do status Prata para Ouro. No entanto, isso limita o jovem escocês na European Le Mans Series e, portanto, ele estará analisando outras opções em conjunto com seus dois principais programas este ano.

“Foi ótimo conquistar meu terceiro título com a Nielsen Racing no ano passado, foi muito bem-vindo ter chegado tão perto do degrau mais alto tantas vezes com a equipe”, afirmou Colin. “Infelizmente, a mudança do status Silver para Gold realmente limita as opções na classe LMP3 daqui para frente, mas todos nós temos que seguir a regra; eles estão todos no lugar para garantir que o campo seja competitivo e justo”. 

“Então, estarei de volta ao Asian Le Mans, com o objetivo de repetir o sucesso de 2020”, continuou ele. “Tivemos um bom ritmo novamente no ano passado, mas problemas técnicos  nos prejudicaram. Também estarei na Le Mans Cup novamente com Tony. Já ganhei os dois campeonatos antes, então sabemos que podemos buscar mais sucesso juntos”. 

“A European Le Mans Series parece um negócio inacabado para mim e é justo dizer que não tivemos muita sorte na última temporada. Eu gostaria de voltar, mas não é uma opção no momento, então irei ver se há oportunidades fora dos LMP3.”

A Asian Le Mans Series acontece em Dubai e Abu Dhabi em fevereiro, enquanto a European Le Mans Series começa em Le Castellet em abril.

 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.