Ferrari deve iniciar testes com protótipo LMH, em junho

(Foto: Divulgação)

O chefe de programas de corrida da Ferrari, Antonello Coletta, revelou nesta sexta-feira, 04, que o protótipo LMH do fabricante italiano, deverá começar os testes de pista em junho deste ano. O lançamento oficial está marcado para 2023. A data segue o cronograma de programas esportivos da Ferrari, que inclui o desenvolvimento da versão GT3 do modelo 296, que está sendo feito em parceria com a AF Corse. O protótipo LMDh está sob os cuidados da Oreca. 

“Vamos começar os testes com o novo Hypercar, espero, em junho, ou julho, e o novo carro GT3 mais ou menos no primeiro dia de abril, e essas atividades serão muito importantes para criar uma base para o futuro”.  disse Coletta, que é o chefe do departamento Attivita Sportive GT da Ferrari.

“Vamos usar nossa pista em Fiorano – porque é tradição e exige um esforço mínimo para abrir as portas, ligar o motor e partir – posso simplesmente abrir a janela do meu escritório e ver. E depois disso veremos. Nossos técnicos já criaram um mapa do programa de testes.. Quando a Ferrari escolheu se envolver no WEC, tinha que ser no Le Mans Hypercar”, disse ele. “A Ferrari fez todos os carros de sua história, então não há escolha, essa é a nossa filosofia”. 

“Posso dizer que nosso projeto está avançando muito rápido. É muito complicado, porque o LMH é mais complicado que o LMDh, mas foi isso que escolhemos. Quando competimos em uma categoria, é normal que o carro tenha que ser todo Ferrari, todo o projeto está sob o controle do nosso corpo técnico. Será um bom carro, um carro rápido, um grande carro e – com todos os carros envolvidos nesta categoria – acredito que o estilo será muito diferente entre eles”. 

“Acho importante que os fãs entendam com muita facilidade o que é uma Ferrari, isso é um Peugeot, isso é um Toyota… No passado, era difícil entender as diferenças entre carros tão parecidos. Para nós, o aniversário mais importante para nós é que 2023 faz 50 anos desde a última vez que corremos em protótipos, a melhor e mais importante categoria.”

O Hypercar terá tração nas quatro rodas. As especificações do motor não foram reveladas. O dirigente acredita que a Toyota seja a favorita, pois está com seu Hypercar pronto.

“É normal que a Toyota seja forte porque eles estarão nesta categoria por dois anos antes de nossa primeira corrida. Prefiro não discutir nenhum detalhe técnico fora da fábrica. Esperamos trabalhar muito bem na segunda metade da temporada de 2022, quando começarmos com os testes. É normal que com oito ou nove marcas nesta categoria no WEC e IMSA e em Le Mans juntos, os esforços necessários terão que ser muito, muito consistentes”. 

“Mas acho que é importante para nós avançarmos em uma competição tão forte com tantos fabricantes competindo juntos pela primeira vez na primeira classe. Será uma ocasião importante para o mundo do enduro”, finalizou Coletta, em entrevista ao portal Motorsport.com.

Published
5 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.