Alpine mais lenta durante testes para Le Mans

(Foto: Alpine)

A organização do Mundial de Endurance divulgou nesta quarta-feira, 04, o BoP para os testes preparatórios para as 24 Horas de Le Mans. O Alpine A480 Gibson recebeu uma redução na quantidade de energia que pode usar ao longo de um stint. O LMP1 terá uma permissão de energia máxima de 844 megajoules para o teste oficial pré-Le Mans em 15 de agosto, marcando uma redução de 74 MJ,cerca de 8% desde a última rodada do WEC em Monza.

Esta é a única mudança na classe Hypercar. O Alpine é pilotado por Matthieu Vaxiviere, André Negrão e Nicolas Lapierre, permanecerá com o peso mínimo de 952 kg que foi dado pela primeira vez para a segunda rodada em Portimão, em junho.

Sua potência máxima de 450 kW (603 HP) também permanecerá a mesma. O menor valor de energia por stint vem depois que o ex-Rebellion R13 LMP1 da Alpine não conseguiu se igualar à máquina LMH em termos de stint nas três primeiras rodadas do WEC.

Os Toyota GR010 e o Glickenhaus SCG 007 LMHs vão participar no dia de testes de acordo com os atributos que tiveram para as duas últimas corridas do WEC em Portimão e Monza.

A dupla de Toyota terá 1.066 kg de peso mínimo e com uma potência máxima de 515 kW em comparação com 1.030 kg e 520 kW para os dois protótipos não híbridos da Glickenhaus, que estão no limite do BoP para Hipercarros de Le Mans no WEC .

Outras mudanças no BoP podem ser feitas entre o dia de teste e as 24 Horas de Le Mans de 21 a 22 de agosto. Na classe GTE, a Ferrari terá uma redução de peso de 10 kg. Os dois carros da AF Corse estarão com um peso mínimo de 1269 kg. A capacidade de combustível da Ferrari também foi aumentada em cinco litros, junto com um aumento nos níveis de turbo boost.

A Porsche teve uma redução de peso de 1 kg e um aumento de capacidade de combustível de um litro, rodando agora com 1.285 kg e 99 litros, respectivamente. Também terá 0,7 mm adicionado ao diâmetro do restritor de ar após a edição de Le Mans do ano passado. O Corvette C8.R fará sua estreia em Le Mans com um peso mínimo de 1276 kg, capacidade de combustível de 99 litros e um restritor de ar de 42,7 mm.

O BoP da classe GTE-Pro é calculado individualmente para Le Mans e não tem qualquer relação com o BoP do Mundial de Endurance.O lastro de sucesso não será utilizado em Sarthe. Os pesos mínimos dos carros da classe GTE-Am serão compartilhados por todas as equipes de cada fabricante, com as Ferraris e Porsches com 10 kg mais pesados do que seus pares da classe GTE-Pro.Os carros da Aston Martin Vantage iniciam mais leves com 1257 kg de peso mínimo. 

Published
4 meses ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.