WRT Racing vence as 4 Horas de Barcelona

WRT dominou a prova. (Foto: Sergey Savrasov)

A equipe WRT Racing venceu na manhã deste domingo, 18, a abertura da temporada 2021 do European Le Mans Series, disputada no circuito de Barcelona. Robert Kubica, ex-piloto da Fórmula 1, encerrou a prova de 4 horas com Oreca #41. A diferença para o segundo colocado, o #65 da equipe Panis Racing, pilotado Gabriel Aubry foi de 20.125 segundos

Louis Deletraz da WRT Racing superou Roman Rusinov no o Aurus 01 #26 da equipe G-Drive Racing, que caiu para terceiro. Deletraz abria uma vantagem considerável sobre Phil Hanson no #22 da United Autosports, o co-piloto Yifei Ye abriu uma  diferença durante seu stint.

Resultado final

Rusinov enfrentou duas penalidades, incluindo uma por “não respeitar” a largada da corrida e causar colisões, inicialmente deixando o co-piloto Franco Colapinto cair para quinto. A equipe também recebeu um drive-through devido ao jovem argentino bater em um pneu durante sua saída das boxes na segunda hora.

Isso deu uma vantagem a WRT, para obter a vitória convincente, a primeira vitória geral de uma equipe belga na ELMS. Nyck De Vries conseguiu terminar em quarto lugar com o #26 da G-Drive. O #22 da United Autosports de Jonathan Aberdein e Tom Gamble, que não conseguiu acompanhar o ritmo do Hanson desde o primeiro turno. O #32 United, terminou em nono depois que Nico Jamin sofreu uma saída de pista na primeira volta.

A vitória na classe LMP2 Pro-Am foi o Oreca #29 da equipe Ultimate dos pilotos Matthieu Lahaye, Jean-Baptiste Lahaye e François Heriau, que terminou em quinto lugar no geral geral. Lahaye estava a caminho de terminar em quarto lugar até ser ultrapassado por De Vries nos minutos finais.

Pietro Fittipaldi em segundo na estreia pela G-Drive

Pietro Fittipaldi fez sua estreia na ELMS, e conquistou o segundo lugar na categoria Pro-Am com o #25 da equipe G-Drive Racing. O piloto brasileiro dividiu o carro com John Falb e Rui Andrade e também levou a sétima posição geral da prova.

“Foi um bom início para o campeonato. Muito bom começar com um pódio e entre os sete melhores na classificação geral. A gente tentou ao máximo esta vitória, mas tivemos alguns percalços na corrida de 4 horas: o Rui tomou um toque, no qual ele não teve culpa nenhuma, que acabou danificando o bico e, mesmo perdendo um pouco de performance, a equipe decidiu não trocar para o meu stint pois a gente perderia muito tempo no pit com o conserto. Claro que podemos melhorar alguns aspectos já pra próxima corrida, mas é ótimo estrear com um pódio na categoria”, disse Pietro, que também atua em 2021 como piloto reserva da Haas na F1.

Na classe LMP3 o primeiro lugar ficou com o Ligier #19 da COOL Racing. Matt Bell superou o Duqueine D08 #4 da DKR Engineering a 23 minutos do término da prova. Berg caiu para o quinto lugar na bandeira quadriculada graças em parte a Malthe Jakobsen #15 da RLR MSport Ligier, que diminuiu a diferença para o inglês e terminou em segundo. Bell compartilhou o carro com Nicolas Maulini e Niklas Kruetten.

Ferrari vence na classe GTE

A equipe Iron Lynx dominou a classe GTE, com a Ferrari #80 de Matteo Cressoni, Rino Mastronardi e o piloto de fábrica da Ferrari Miguel Molina.  Molina terminou uma volta à frente do Porsche 911 RSR-19 #77 da Proton Competition. A Ferrari #55 da Spirit of Race i completou o pódio da classe em terceiro.

A próxima etapa da ELMS será disputada no circuito Red Bull Ring, na Áustria, nos dias 15 e 16 de maio.

Published
8 meses ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.