Regulamentos da classe GT Daytona começam a ser revelados

s1_22641_thumb-25255B2-25255D

Com a proximidade das 24 horas de Daytona, os regulamento técnicos do Tudor United SportCar Championship começam a ganhar forma. A organização do campeonato revelou hoje (31) as especificações técnica da classe GT Daytona para modelos “GT3”, aonde existe a maior diversidade de modelos.

A escala de motores é bem vasta, podendo ser aceitos colossais 8.5 litros, para modelos aspirados e 4 litros para propulsores turbo. O peso mínimo dos carros é de 1.215 quilos.

Sistemas de auxílio ao piloto como controle de estabilidade e tração e frios ABS não serão permitidos, tendo o piloto que segurar no “braço” seu carro. Assim para aceitar a maior quantidade de modelos possíveis a IMSA, vai homologar carros com a especificação FIAGT3, com habitáculos menores. Lembrando que Porsche, Ferrari e Audi, tem modelos específicos para a série.

Com estas alterações, bem como a aceitação de modelos com chassis em fibra de carbono é bem provável que veremos o belo McLaren MP4-12C finalmente em um campeonato nos EUA. Em termos aerodinâmicos todos os carros irão correr com asa traseira igual, a ser fornecida pela IMSA. Um possível equilíbrio o popular BoP deve ser inserido na série caso algum modelo tenha desempenho muito superior aos demais. O regulamento completo da classe será entregue as equipes nos primeiros dias de 2014.

Published
9 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.