IMSA e equipes do TUSC satisfeitas com Ginetta LMP3

Foto: John Dagys

A IMSA e a ACO promoveram nesta Segunda (29), testes em Watkins Glen com o novo Ginetta LMP3. O teste foi aberto a todos os pilotos e equipes para uma possível aceitação do novo LMP no lugar do atual Oreca FLM09 no TUSC.

Mais de 12 pilotos estiveram ao volante do carro e as impressões foram as melhores possíveis. “O carro é muito bom para o seu preço”, disse o piloto Tom Kimber-Smith ao site Sportscar365. “No entanto, a primeira coisa que noto é a falta de potencia. Houve significativamente menos energia e torque do que o PC atual.” Salientou.

No ELMS o modelo desenvolve 425 cavalos, mas poderia chegar a 530 mediante configurações. Em termos de comparação na etapa de Imola o melhor LMP3 marcou 1:42.498 contra 1:41.747 do melhor GTE. O Gibson da equipe JOTA Sport marcou 1:34.496.

“Se ele for usado no campeonato, ele realmente precisa mais poder” disse Tom Kimber-Smith piloto da equioe PR1/Mathiasen Motorsports. “Não há nenhuma razão para não fazê-lo mais rápido.”

Colin Braun e Jon Bennett, líderes da classe PC com o #54 da CORE Autosport também se mostraram entusiasmados com o novo LMP3. “Eu acho que todos nós sabíamos,  que testando o carro seria diferente em termos de poder se  comparado a um PC “, disse Colin Braun. “Valeu a pena gostei de assumir o volante. A posição de condução é muito diferente. Leva algum tempo para se acostumar. “

Conor Daly foi o mais rápido do dia com um tempo de pouco menos de 1:49, cerca de 8 segundos a mais lento do que um PC. Outros pilotos testaram o carro com pneus Dunlop Sylvain Tremblay, Matt McMurry, James French et Ethan Low. Seul Jérôme.

Published
6 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *