FIA limita em 1000 cv motores da classe LMP1

Até que ponto as novas regras irão afetar o domínio da Porsche? (Foto: Divulgação: FIAWEC)

Até que ponto as novas regras irão afetar o domínio da Porsche? (Foto: Divulgação: FIAWEC)

O Conselho Mundial de Desporto da FIA, aprovou uma proposta da comissão de Endurance em limitar a potencia dos protótipos híbridos da classe LMP1 para a temporada 2016.

Nenhum LMP1 híbrido pode ter mais de 1000 cv de potência somando os motores elétricos e a combustão. O golpe para muitos mira diretamente a Porsche que vem dominando a atual temporada. Segundo relatos os 919 Hybrid podem ter bem mais do que 1000 cv se comparados com Audi e Toyota.

Esta redução entra em vigor no mesmo momento em que uma redução de potencia dos motores a combustão também já foi aprovada pelo conselho. Para Le Mans a redução na alocação de combustível, que deve ser seguida para as demais classes.

Este montante foi estipulado no começo de 2014, quando a atuais regra entraram em vigor, e não se esperava um avanço tão grande de uma temporada para outra. Em tese os carros de 2016 seriam 4 segundos mais lentos que os atuais em uma volta no circuito de Le Mans.

Outra mudança que afeta diretamente a Porsche é a prova de F1 (sempre ela) para o mesmo dia da grande clássica. O GP de Baku ocorre no mesmo final de semana  (19 de Junho), e caso a Porsche queira voltar a ter Nick Hulkenberg em seu carro terá que fazer uma manobra bem grande.

Várias mudanças também foram feitas no reabastecimento, carroceria, rodas, espelhos retrovisores e equipamentos de segurança. Para a classe LMP2 as mudanças ocorrem na alteração dos espelhos retrovisores, custos de motores e equipamentos de segurança.

Para os testes oficiais em Paul Ricard as regras da quantidade de motores para a LMP2 não sera usadas, além de um limite de 80 km/h durante períodos de bandeira amarela ou vermelha.

Published
6 anos ago
Tags
,
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *