Pietro Fittipaldi não é mais piloto da G-Drive

(Foto: Divulgação)

Pietro Fittipaldi não competirá pela G-Drive Racing nas próximas rodadas do European Le Mans Series e das 24 Horas de Le Mans. A notícia foi confirmada nesta quarta-feira, 12, pela Algarve Pro Racing que fornece suporte técnico a G-Drive. 

O motivo seria o conflito de datas com outros campeonatos que o brasileiro participa. Roberto Merhi substituirá Fittipaldi no Aurus #25 ao lado dos pilotos de temporada completa John Falb e Rui Andrade.Fittipaldi é o piloto reserva da equipe de Fórmula 1 da Haas e também tem uma corrida em circuito oval da NTT IndyCar Series em parceria com a Dale Coyne Racing e da Rick Ware Racing.

A rodada da IndyCar em St. Louis será  no mesmo fim de semana de 21 a 22 de agosto das 24 Horas de Le Mans. Embora não haja mais confrontos diretos entre o ELMS e a Fórmula Indy, Pietro explicou que as viagens durante a pandemia de Coronavírus tornaram necessário reavaliar seu conjunto de programas.

“Infelizmente, não posso continuar a correr com a G-Drive Racing operada pela Algarve Pro Racing devido a datas conflituosas”,  disse Pietro Fittipaldi.

“As 24 Horas de Le Mans entraram em conflito com meus compromissos com a IndyCar, e as frequentes mudanças de data, juntamente com as restrições de viagem causadas pela pandemia COVID-19, tornaram difícil continuar com o ELMS e Le Mans”. 

“Foi muito bom trabalhar com John Falb e Rui Andrade, mas vamos ver o que acontece no futuro porque adoraria ter outra oportunidade de trabalhar com eles e com o Algarve Pro Racing”, explicou. 

Merhi entrará em cena para dividir o Aurus #25 com Andrade e Falb nas próximas cinco rodadas do ELMS, começando neste fim de semana no Red Bull Ring.

O ex-piloto de Fórmula 1 também representou G-Drive na recente participação da equipe no Campeonato Mundial de Resistência da FIA em Spa, no lugar de Fittipaldi, que fez duas corridas no Texas Motor Speedway.

O chefe da equipa Algarve Pro Racing, Stewart Cox, disse que a sua equipa apoia os rumos de Pietro Fittipaldi.

“Estamos naturalmente muito desapontados com a partida de Pietro, porque é um prazer trabalhar com ele, ele já trouxe muito para a equipe e não tenho dúvidas de que ele teria dado uma contribuição significativa para a nossa temporada de 2021 na Europa em Le Mans”, comentou.

“Entendemos e respeitamos totalmente a necessidade de agilizar seu programa devido às recentes mudanças no calendário do automobilismo”. 

“No momento, estamos vivendo em uma época muito incomum e desafiadora, em que você precisa ser adaptável e as viagens internacionais são difíceis, e não há solução viável neste caso”. 

“Desejamos a Pietro tudo de bom com seus compromissos com a Haas F1 e IndyCar e esperamos ter a chance de trabalhar com ele novamente no futuro”, finalizou.

Published
6 meses ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.