Mazda vence as 6 Horas de Watkins Glen

(Foto: Divulgação)

A Mazda venceu na tarde deste domingo, 27, as 6 Horas de Watkins Glen. O #55 pilotado nas horas finais por Harry Tincknell teve que lutar com o consumo do RT24-P, para poder manter a liderança e vencer a prova. 

Tincknell, que parou no box faltando 53 minutos para o final da prova de 6 horas. Ele segurou o Acura #60 da equipe Meyer Shank Racing Acura ARX-05  pilotado por Olivier Pla por 0,995 segundos após uma bandeira amarela e um reinício que acabou agrupando o pelotão.

Resultado final

O inglês alcançou o primeiro lugar após uma parada apenas para combustível durante a quarta e última intervenção do carro de segurança. O líder no momento era o Acura #60 que além do combustível, substituiu os pneus do lado esquerdo.   

O Mazda assumiu a ponta e se manteve lá até o final da prova. Foi a primeira vitória da equipe na temporada. Tincknell, que ficou sem combustível após a bandeirada, dividiu o #55 com Oliver Jarvis e Jonathan Bomarito.

O Acura #10 da Wayne Taylor Racing Acura DPi de Filipe Albuquerque terminou em terceiro à frente do #31 da Action Express Racing  de Pipo Derani e Felipe Nasr. Os brasileiros acabaram sofrendo uma penalidade. O #48 da equipe da Ally Cadillac Racing pilotado por Kamui Kobayashi, que foi considerado responsável pelo contato com o #01 da Chip Ganassi Racing Cadillac de Kevin Magnussen na última volta. 

WIN Autosport vence na classe LMP2

Tristan Nunez conseguiu a primeira vitória do WIN Autosport na classe  LMP2. Ele aproveitou o tráfego no último reinício para superar Mikkel Jensen. Nunez levou o #11 para uma vitória de 1.139 segundos sobre o dinamarquês no Oreca #52 da PR1/Mathiasen. O ex-piloto de fábrica da Mazda compartilhou o carro com Thomas Merrill e Steven Thomas.

Na classe LMP3 a vitória ficou com o Ligier #74 da equipe Riley Motorsport. Os pilotos Gar Robinson, Felipe Fraga e Scott Andrews. O brasileiro que encerrou a prova, segurou Colin Braun no Ligier #54 da Core Autosports. 

Corvette lidera na classe GTLM

A Corvette Racing venceu na classe GTLM com Antonio Garcia e Jordan Taylor. Garcia segurou um afoito John Edwards na BMW #24, que tentou superar o piloto no Corvette #3 a 30 minutos do fim. Nick Tandy no Corvette #4, que terminou em terceiro. 

Garcia chegou com uma diferença de 0,845 segundos à frente de Edwards. Isso marcou a vitória de Garcia e  Jordan Taylor desde as 24 Horas de Daytona.

Turner Motorsport vence na classe GTD 

Uma parada na hora certa na Turner Motorsport dos pilotos Bill Auberlen, Robby Foley e Aidan Read garantiu a vitória do BMW #96 na classe GTD. Read entregou o #96 a Auberlen antes do combinado, dando a Auberlen a vantagem na pista sobre os demais competidores que entraram nos boxes durante uma intervenção do carro de segurança. 

Auberlen terminou 5.747 segundos à frente do Lamborghini #1 da Paul Miller Racing de Bryan Sellers. O Aston Martin Vantage GT3 de Ross Gunn, Roman De Angelis e Ian James, completou o pódio da classe em terceiro.

 

Published
1 mês ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.