Emílio Padron e Marcelo Vianna são os campeões do Império Endurance Brasil 2021

Padron e Vianna comemoram o título da P1 e geral. (Foto: Bruno Terena/MS2)

Emílio Padron e Marcelo Vianna conquistaram neste final de semana o título o Império Endurance Brasil, categoria de corrida de longa duração que reúne os carros mais rápidos do país. A dupla que disputou a competição a bordo de um protótipo AJR preparado pela equipe Motorcar ficou com título tanto da Geral quanto da categoria P1 ao cruzar a linha de chegada da grande final da competição, realizada em Goiânia, na oitava colocação (terceiro entre os protótipos). A prova foi vencida pelo trio formado por Gustavo Martins, Oswaldo Scheer e Sérgio Jimenez.

Apesar de terem desembarcado em Goiânia como favoritos, a vida da dupla que contou com o reforço de William Freire na decisção não foi nada fácil. A chuva que despencou durante parte da prova e problemas no pitstop por pouco não minaram os planos de Padron e Vianna.

“Foi uma prova muito complicada, cheia dessas intempéries, mas conseguimos contar com a sorte e, no final, o William nos ajudou muito, guiou demais e conseguiu colocar o carro na posição que precisávamos para garantir o matematicamente o troféu”, afirmou Padron. “Estamos muito felizes pois essa é uma conquista não apenas minha, mas de toda a equipe Motorcar. Fizemos um grande trabalho ao longo do ano, apostando muito na regularidade e confiabilidade do nosso carro e esse foi o segredo desta conquista”, completou Vianna.

O vice campeonato na geral ficou com Vicente Orige e Gustavo Kiryla. Já o terceiro lugar foi de Cacá Bueno e Ricardo Baptista, que estrearam no Império Endurance Brasil este ano a bordo de uma Mercedes AMG e levaram o título na categoria GT3. 

“Muito feliz em conquistar o título do Endurance Brasil logo em meu primeiro ano. Foi uma temporada duríssima e que terminou em uma corrida em que o Ricardo e eu precisamos ser cautelosos. Depois do problema com nossos adversários, levamos o carro para casa para comemorar esse título”, disse Cacá Bueno, que praticamente assegurou o troféu depois que a McLaren 720s da dupla Allam Khodair e Marcelo Hahn, líderes do campeonato, quebrou ainda na segunda hora de corrida.

No pódio, Baptista ainda fez questão de parabenizar toda a organização do Império Endurance Brasil: “Queria agradecer toda a organização do campeonato pelo grande trabalho feito ao longo do ano. Desde que cheguei ao campeonato, me impressionei com a estrutura e estou muito feliz em me despedir desta temporada de estreia com o título”.

Na categoria P2, o título ficou com o Fernando Poeta e Cacau Ricci e, na P3, Tiel Andrade e João Pedro Maia foram os campeões. Na GT4, André Moraes Jr e Cássio Homem de Melo levaram a melhor enquanto Chico Horta e Nelson Monteiro ficaram com o título. E por fim, na GT3 Light, Ricardo Mendes foi o campeão. 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.