Porsche na busca pelo título, na classe GTE-Pro do WEC

(Foto: Sebring)

A Porsche começa neste final de semana, sua escalada pela busca do título na classe GTE-Pro, do Mundial de Endurance. Os testes oficiais começam neste final de semana. A Porsche terá dois carros com a equipe de fábrica, além das equipes de clientes. 

Pela segunda vez na história do Campeonato Mundial de Endurance, o campeonato inicia em Sebring. Na última corrida, a Porsche venceu na classe GTE-Pro. Na classe GTE-Am, dois clientes estarão na disputa com dois carros cada. A equipe parceira da Porsche, a Penske, disputa a classe LMP2 com um protótipo Oreca 07. 

“Estamos entrando em uma temporada muito especial: é nosso último ano com o 911 RSR de fábrica na classe GTE-Pro. Conquistamos muitas vitórias desde 2013 e queremos concluir a história em 2022 com um final feliz”, diz Alexander Stehlig, diretor da Porsche para o WEC. “Em preparação para a nova temporada, viajamos para Barcelona por alguns dias em fevereiro para fazer alguns testes. Nossa principal prioridade estava nos novos pneus de corrida do nosso parceiro Michelin. Ganhamos alguns insights importantes e vamos para a abertura da temporada na Flórida nos sentindo muito confiantes. O prólogo em Sebring deve encerrar nossos preparativos para um ano emocionante”. 

“Na temporada passada, tivemos um controle firme do troféu do Campeonato do Mundo até a última corrida – apenas para ter uma situação contenciosa de arrebatá-lo de nossas mãos a 15 voltas do final. A equipe não esqueceu isso”, explica Stehlig, e afirma o objetivo claro para 2022: Não poderíamos estar mais motivados. Queremos o título do Campeonato do Mundo e vencer a nossa classe em Le Mans”, finalizou.

Os pilotos da Porsche GT Team

Para a temporada de 2022, o Porsche #91 permanece inalterado, com Richard Lietz e Gianmaria Bruni. O britânico John McGregor continua como engenheiro de corrida. O 911 #92 será pilotado por Kévin Estre e Michael Christensen. O dinamarquês, que é o campeão mundial de 2018/2019 e vencedor da classe Le Mans, retorna à equipe de fábrica da FIA WEC da Porsche após um ano de pausa. Como engenheiro de corrida, Adam Hardy, da Grã-Bretanha.

As equipes de clientes

As Project 1 e Dempsey-Proton Racing terão dois Porsche 911 RSR, na classe GTE-Am.  Matteo Cairoli, piloto de fábrica, competirá no #1 da equipe Project 1. Na Dempsey-Proton, o proprietário da equipe Christian Ried une forças no carro #77 com os pilotos britânicos Harry Tincknell e Sebastian Priaulx. O carro irmão #88 é compartilhado pelos americanos Fred Poordad e Patrick Lindsey com o francês Julien Andlauer. A equipe britânica GR Racing começará a temporada na segunda rodada em Spa-Francorchamps.

A equipe Penske, que dará suporte técnico á Porsche no WEC e IMSA a partir de 2023 com um protótipo LMDh, disputará a classe LMP2 nesta temporada. A equipe de pilotos do Oreca #5 é composta pelos dois novos pilotos de fábrica da Porsche, Dane Cameron e Felipe Nasr, com o experiente Emmanuel Collard. 

Published
4 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.