Nissan volta a classe LMP1 do WEC, fornecendo motores para ByKolles

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A equipe ByKolles, anunciou nesta quarta (25), que vai substituir os propulsores AER, por motores Nissan. A notícia vem em um momento que apenas uma equipe, a própria ByKolles vai alinhar seu LMP1 no Mundial de Endurance, na subclasse de equipes privadas.

O propulsor será o mesmo que equipou o polêmico GT-R NISMO LMP1. Um V6 de três litros, bi-turbo. O chassi utilizado na temporada passada, irá passar por uma atualização.

“O fornecimento de motores da NISMO é de grande importância para nossa equipe”, disse o chefe da ByKolles Boris Bermes. “Depois de ter de lidar com muitos contratempos no passado devido a problemas de confiabilidade do motor, para a temporada de 2017, esperamos uma melhora significativa em termos de confiabilidade e desempenho”.

Novas atualizações estão programadas para deixar o LMP mais competitivo. “Estamos implacavelmente trabalhando em inúmeras melhorias adicionais para o nosso carro”, disse ele. “Como resultado das mudanças na regulamentação para 2017, seremos capazes de fazer grandes melhorias tanto na frente como na retaguarda, especialmente na aerodinâmica.”

“Além disso, nossos engenheiros de projeto alcançaram uma redução de peso e introduziram atualizações abrangentes de componentes mecânicos.”novo CLM P1 / 01. Para este ano, estamos olhando para demonstrar nossas melhorias e continuar a desenvolver o nosso protótipo.”

A equipe estuda fornecer chassis para equipes clientes, com ou sem o propulsor Nissan.

Published
5 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.