Extreme Speed Motorsports confirma participação nas provas longas do WeatherTech nos EUA

O caçador de DPs está de volta! (Foto: ESM)

O caçador de DPs está de volta! (Foto: ESM)

A equipe Extreme Speed Motorsports que venceu de forma espetacular as duas primeiras etapas do WeatherTech SportsCar Championship, Daytona e Sebring confirmou sua participação nas duas próxima etapas longas do certame, The Glean e Petit Le Mans.

Batizado de Tequila Patron North American Endurance Cup, o mini campeonato engloba as grandes corridas da IMSA, com pontuação diferenciada das demais etapas do certame. As vitórias nas duas primeiras etapas foram o suficiente para Scott Sharp, dono da ESM confirmar a participação na provas faltantes.

“Tem sido um início de conto de fadas”, disse  Sharp ao site Sportscar365. “Estamos levando os pontos. Nosso patrocinador da o nome ao Endurance Cup, não faria sentido não participar  das últimas provas.”

Para as etapas finais (Glen com 6 horas e Petit Le Mans com 10), o regulamento diz que apenas três pilotos são permitidos por carro.  Assim mudanças serão necessárias. Pipo Derani, Johannes van Overbeek e Ed Brown foram os responsáveis pelas duas primeiras vitórias.

Os três pilotos estão confirmados no no WEC que começa no próximo final de semana com a etapa de Silverstone na Inglaterra. Para a série americana, a equipe vai utilizar o mesmo chassi que venceu Daytona e Sebring.

Por conta da logística, a equipe irá emprestar o Ligier JS P2 para a equipe Michael Shank Racing. “Será um desafio, mas eu estou confiante na parceria que temos com a Onroak.”

“O chassi que correu em Sebring já está na OAK sendo preparado para o programa de Shank em Le Mans.”

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *