Marcio Basso e Thiago Marques buscam mais um pódio na GT Open na Hungria

(Foto: Divulgação)

Embalado pela vitória na Endurance Brasil no último final de semana, Marcio Basso desembarcou em Budapeste de olho no degrau mais alto do pódio da quarta etapa da GT Open, campeonato europeu de carros de Gran Turismo. O piloto brasileiro disputa a categoria AM a bordo de uma BMW M6 e em parceria com o também brasileiro Thiago Marques. A dupla vem de um pódio conquistado em Spa-Francorchamps. Mesmo assim, sabe que não terá vida fácil no circuito e Hungaroring. 

“Estamos muito empolgados com a nossa sequência de pódios [foram quatro em seis corridas], mas ainda falta comemorar uma vitória e é isso que estamos perseguindo. Por outro lado, talvez a Hungria seja a etapa mais difícil para nós. O circuito com retas curtas, poucos pontos de ultrapassagem e isso não deve favorecer as características do nosso carro”, afirmou Basso. 

Diante do cenário, Thiago Marques é categórico: “Por isso, o importante é fazer uma boa classificação e uma prova sem erros. Escapar de batidas, confusões e ficar na pista. Se seguirmos essa receita, dá para chegar no pódio nas duas provas e brigar pela vitória. Isso seria muito importante para o campeonato”. 

A dupla brasileira que compete pela equipe Teo Martin ocupa a terceira posição da tabela empatada com os portugueses António Coimbra e Luis Silva, todos com 32 pontos. A ponta da tabela é do brasileiro Giulio Borlenghi, que corre ao lado do polonês Andrzej Lewandowski. Os líderes têm 41 pontos.

Os treinos oficiais da quarta etapa da GT Open 2018 começam nesta sexta-feira com ensaios marcados para as 5h50, 9h50 e 12h20. No sábado acontece a primeira tomada classificatória (6h20) e a primeira prova do final de semana, com largada marcada para 10h45. No domingo, dia de encerramento da rodada dupla, o quali acontece às 4h40 e a prova às 9h15.

Published
3 meses ago
Categories
GT Open
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *