FIA confirma redução de desempenho de protótipos LMP2

Oreca domina classe no WEC e no ELMS. (Foto: Oreca)

O Conselho Mundial de Esporte da FIA, reuniu nesta sexta-feira, 04, em Colônia, na Alemanha, para ratificar decisões e regulamentos dos diversos campeonatos que correm sob a chancela da entidade.

A classe LMP2 do Mundial de Endurance viu seus regulamentos técnicos perdurarem por mais um ano, valendo até 2022. A mudança também vale para as 24 Horas de Le Mans e a ELMS. A partir do próximo ano os modelos ficaram mais lentos, para coexistirem com os Hypercars.

Os regulamentos seriam elegíveis até 2020A no WEC e em Le Mans até 2021. Enquanto estiverem sendo estendidos, os carros LMP2 ficarão mais lentos após a classe Hypercar, que terá níveis de desempenho reduzidos em comparação com a classe LMP1 que está prestes a ser extinta.

De acordo com o ACO, o objetivo dos futuros esportivos é que realizem voltas em Le Mans na casa dos 3:30, os LMP2 terão que fazer um tempo inferior.

“O ACO e a FIA concordam que os ajustes nos níveis de desempenho serão executados em parâmetros que não afetam a homologação do chassi. A potência do motor é o candidato mais provável para a modificação ”, afirma o comunicado do ACO.

O anúncio não afeta a elegibilidade dos protótipos LMP2 no IMSA WeatherTech SportsCar Championship, que ainda permanece até o final da temporada de 2021.

Os regulamentos dos Hypercars também foram aprovados. Os modelos baseados em protótipos e de produção em série estarão competindo na mesma classe. Até o momento somente Toyota e Aston Martin confirmaram seus projetos.

Published
2 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *