As corridas na TV – Será que torcemos todos juntos?

Speed-Channel

Esta semana tive a péssima noticia de que o SPEED terá seu sinal cancelado nos próximos dias. A informação dada pelo blog do Tazio acaba com o único canal especializado em automobilismo na tv por assinatura brasileira. O mesmo já não se encontra na grade das principais operadoras de TV por assinatura. A última a trocar o sinal pelo da Fox Sports foi a Claro TV.

E o que nós brasileiros que gostamos de automobilismo perdemos com o fim do SPEED? Desde que a Fox anunciou a intenção de por o Fox Sports nas principais operadoras do Brasil ficou o temor de que com o tempo os campeonatos de automobilismo estariam fora da grade. Informação esta negada veementemente pelos diretores do canal alegando que ninguém iria perder. Os fãs de automobilismo teriam suas corridas garantidas e os torcedores de futebol a tão sonhada transmissão da copa libertadores já que a Globosat perdeu o direito de transmitir. Até ai tudo bem já que as corridas ao vivo (NASCAR, ALMS e ROLEX, Porsche GT3 entre outras) são realizadas nos finais de semana e eram transmitidas em VT nos horários vagos na grade durante a semana.

Porém o mesmo blog informa que com o fim dos contratos de exibição dos campeonatos existe a grande possibilidade de não serem renovados, e até a NASCAR estaria com seus dias contados na grade do canal.

Ai eu pergunto… Onde fica a vontade de quem paga (nossa tv por assinatura é uma das mais caras do mundo) nessas horas? Será que a Fox acha que 100% dos assinantes gostam tanto assim de futebol que não vão sentir falta das corridas trasmitidas pelo canal. Foi neste mesmo SPEED que em 2009 vi pela primeira vez (e acredito que muitos brasileiros) as 24 horas de Le Mans, antes “exibida” apenas em vídeos do youtube. Também foi no mesmo canal que pude acompanhar as belas disputas da ALMS, LMS e campeonatos nunca antes transmitidos no Brasil como BTTC, Monster Jam e por que não a Speed Race Brasil que é muito mais interessante do que a fila indiana que assistimos na StockCar?

Não são apenas nós torcedores que perdemos, e sim o automobilismo nacional que já não é um dos mais desenvolvidos e infelizmente depende e muito de exposição na mídia. Se formos ver o que cada emissora transmite chegamos a uma conclusão de que perdemos muito. A Globo tem apenas a F1 e Stock Car (Que é transmitida quando não tem algo mais importante para passar). A BAND tem a ótima Fórmula Truck que em matéria de público dá de 10 a 0 em qualquer competição nacional, também transmite a Fórmula Indy com seus belos pegas. O SBT pelo que sei não transmite nenhum tipo de evento automobilístico bem como Record ( caso alguém saiba por favor me informe).

Já na TV por assinatura bom foram os anos em que o SporTV transmitia as etapas da NASCAR, FIAGT, Motorsport GOLD com os campeonatos lendários de F1. Atualmente com três canais transmite ao vivo os treinos da F1, um compacto das corridas, GP2, GP3 e muito raramente alguma etapa do WTCC meses depois da corrida ter sido realizada. Até as mesas redondas comandadas por Reginaldo Leme estão meio perdidas na grade de programação e só entram ao ar quando o canal acha alguma brecha.

No Band Sports podemos conferir o ótimo campeonato Australiano de Turismo, DTM ao vivo e também as corridas de F-Indy que não são transmitidas na Band aberta. Para quem torce o Band Sports poderia muito bem absorver mesmo em vt os campeonatos que muito provavelmente irão sair da grade do SPEED. A ESPN transmite em VT as etapas da ALMS (pelo menos foi assim da metade do no passado para cá) e mesmo assim o assinante tem que adivinhar o dia e hora ja que não existe um dia ou horário fixo.

Ontem (09/04) os três canais SPORTV estavam transmitido reprises de jogos de futebol. Será que o consumidor de automobilismo é tão pobre que não pode assinar uma tv paga? Infelizmente vivemos em um país aonde se nasce “gostando” de futebol, e não falo apenas de corridas, mas para assistirmos eventos de vôlei, basquete ou natação temos que torcer para que não existam jogos de futebol passado no mesmo horário. Como uma pessoa pode se interessar por qualquer outro esporte já que os mesmos aparecem raramente na TV?

Temos outras alternativas como as transmissões nos sites dos campeonatos com NASCAR, e os de endurance. A grande maioria disponibiliza um link para acompanhar a corrida na integra. Basta ter um bom sinal de internet para poder acompanhar. Infelizmente este tipo de transmissão a imagem não é das melhores e dependemos da qualidade do sinal.

Agora a onda é o UFC. Para quem acompanha sabe a muito tempo que este tipo de modalidade está a anos fazendo sucesso em vários países e ocupa espaço em horário nobre nos mais diversos canais. E por que só agora teve este “sucesso” na TV aberta? Sabe-se que a Record iria transmitir as Lutas e para não perder audiência e dinheiro a Globo correu e adquiriu os direitos de transmissão e começou o “telecurso UFC” mostrando origem e tudo o que os torcedores já sabiam mas a grande massa achava que era um esporte violento. Pode até ser mas deu um jeito de mostrar que tudo é super controlado e todos os lutadores são “bonzinhos”. Agora pergunto e se não tivesse brasileiros vencendo o interesse seria o mesmo?

Em termos de brasileiros, Nelsinho Piquet está fazendo boas corridas na NASCAR. Jaime Melo é um dos melhores pilotos de GT que temos assim como Osvaldo Negri é um dos líderes da Rolex, Assim como Augusto Farfus este ano estreia na DTM. Pena que grande parte dos torcedores não vai assistir nenhum dos seus representantes ganhando corridas este ano, pois é bem mais interessante ver futebol e mais futebol. Enquanto isso, torcemos juntos?

Abaixo está uma pequena lista das atrações que estavam sendo transmitidas pela Speed aqui no Brasil. (Dados obtidos no fórum TV Magazine)

– 24h de Le Mans (transmissão de mais da metade da corrida ao vivo)
– 24h de Daytona da Grand-Am Rolex (transmissão de mais da metade da corrida ao vivo)
– 24 de Nürburgring-Nordschleife – traçado de 22km (compacto de 1h)
– 12h de Sebring da ALMS (transmissão de mais de 8 horas da corrida ao vivo)
– Petit Le Mans da ALMS – 1.000km ou 10h (transmissão de mais da metade da corrida ao vivo)
– 6h de Watkins Glen da Grand-Am Rolex (transmissão completa da prova ao vivo)
– American Le Mans Series (ao vivo)
– Grand-Am Rolex Sports Series Car Series (ao vivo)
– Grand-Am Continental Tire Sports Car Challenge
– Porsche GT3 Cup Challenge Brasil (ao vivo)
– Copa Chevrolet Montana (ao vivo)
– DTCC Audi Brasil
– Campeonatos Regionais de Marcas
– F3 Inglesa
– British Rally
– BTCC
– V8 Supercars Australia
– Porsche Supercup
– DTM (VT e eventualmente ao vivo)
– FIA GT1
– FIA GT3
– Blancpain Endurance Series
– Campeonato Brasileiro de Grand Turismo (antiga Itaipava GT Brasil)
– Le Mans Series
– ANDRA Drag Racing
– Mundial de Superbike
– Programa Curva do S
– WTCC
– Mundial de SuperBike
– Motocross Arena

Published
7 anos ago
Categories
Opinião
Comments
1 Comment
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

One comment on “As corridas na TV – Será que torcemos todos juntos?

  1. Não sei como vai ficar.

    Hoje pela manhã transmitiram o vt (bem atrasado) das 12 h de sebring.

    Já o Bandsports tem direitos de muitas categorias.

    Mas vacila muito também, o que é uma pena.

    Só resta esperar.

    Ótimo post!

    Valeu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *