Após pódio em Tarumã, Satti Racing busca repetir boa atuação em Guaporé

(Foto: Milton Amaral)

(Foto: Milton Amaral)

Após o pódio conquistado em Guaporé e a vitória em Tarumã nas últimas etapas de 2016, e tendo ocupado a 3ª colocação na etapa de abertura de 2017, a Satti Racing  está animada para a primeira atuação do ano em Guaporé, que a equipe considera “sua casa”, por ter feitos diversos treinos naquela praça. Na semana anterior à corrida, o MCR #71 foi a Guaporé para treino de ajuste do carro, e considera-se que os resultados foram satisfatórios, colocando o carro em condições de andar novamente entre os ponteiros.

Ian Ely conta como foi o treino: “O treino da última semana foi produtivo, trabalhamos suspensão e ficamos satisfeitos pois temos tudo para sermos competitivos novamente em Guaporé, e no mesmo nível da primeira etapa, em Tarumã. É uma pista na qual nosso carro tem alguma vantagem, devido às características de peso e motor”.

Daniel Claudino fala sobre o que espera da etapa: “A expectativa para Guaporé é alta, será nossa primeira prova do ano lá, consideramos que estaremos correndo “em casa”, pois treinamos muito naquela praça. Teremos ações com um patrocinador para esta etapa, inclusive com visitação de boxes, teremos bastante gente torcendo por nós. Nosso treino foi bom, trabalhamos a parte de suspensão e angulação de asa, e deveremos poupar o carro nos treinos, para irmos com tudo para a prova”.

A etapa será especial, também, devido ao aniversário de Ian Ely, que completa 35 anos nesta quinta-feira, quando estará na pista participando de treinos pré-etapa na presença de seu pai, Ronaldo Ely, que estava participando da etapa do Rio de Janeiro da Fórmula 2 quando Ian nasceu, em 1982. Ronaldo foi campeão do certame, naquele ano, com um carro cuja pintura foi inspiração para o layout atual do MCR #71 com o qual Ian corre.

A equipe contará também, nesta etapa, com o MCR #96 2.0, que terá como pilotos o argentino Alejandro Cignetti, e o piloto Ruben. Alejandro já conhece o #96, pois participou de uma etapa em Tarumã no ano passado.

O chefe de equipe, Eduardo “Sattinho”, também fala sobre as condições da equipe para Guaporé: “Nossa expectativa é grande, pois nossos pilotos adoram Guapore, e ano passado fomos muito bem apesar de um problema de aquecimento, mas nos mostrou que tínhamos um potencial a explorar. Hoje estamos mais preparados, então vamos ver o que nos aguarda. E com relação ao #96, estamos muito contentes por estar com a equipe completa, e estamos trabalhando bastante para que nosso piloto estrangeiro, Alejandro, consiga ter novamente bons momentos a bordo do carro”.

Os treinos oficiais começam na sexta. No sábado pela manhã será realizado o treino classificatório, e às 13h40min será dada a largada para a prova, que terá três horas de duração.

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *