6 horas de Laguna Seca–Vitória fácil para Muscle Milk e bom resultado dos brasileiros.

Klaus-Graf-051112-1

Podemos classificar as 6 horas de Laguna Seca como “diferente”. A edição de 2012 foi totalmente diferente dos anos anteriores, pouca disputa e poucas bandeiras amarelas.
A começar pela mistura de classes. Em poucas corrida se viu o desempenho tão “estranho” como nesta corrida. Carros da classe GT ultrapassando facilmente protótipos da LMPC bem como carros da P2 lutando com modelos mais lentos. Não que isto seja ruim mas este tipo de competividade não se via a muito tempo. O único que não percebeu nada disso foi a dupla do HPD da Muscle Milk Lucas Luhr e Klaus Graf que não tiveram concorrentes durante toda a prova. Seu rival direto o #16 Lola da equipe Dyson chegou a queimar a largada mas com medo de alguma punição devolveu a liderança para a equipe do leite e foi só. Depois disso o HPD não encontrou problemas em vencer a prova.
Se esperou mais do belo Lola #16 que chegou a ganhar uma volta do líder, principalmente se levarmos em conta que a pista de Laguna Seca é a pista aonde a Mazda desenvolve seus carros. Para piorar o carro não completou a prova.
Na classe P2 a lógica prevaleceu e acabou nas mãos da equipe Level 5 como carro #95 de Luiz Diaz, Scott Tucker e Franck Montagny. Porém este resultado se deu por problemas com o #37da equipe Conquest Endurance que além de sofrer uma punição acabou tendo problemas no câmbio nas últimas voltas e acabou em 20º mas segundo na classe. Vale ressaltar o ótimo trabalho de Antonio Pizzonia que foi um dos pilotos da equipe em parceria com David Heinemeis e Martin Plowman. O destaque negativo da classe foi o Lola da Dempsey Racing que foi anunciado com tamanho destaque em alguns blogs “especializados” que pensei que iria ganhar a corrida antes mesmo de ser dada a largada. O carro provou ser um tanque de guerra visto o grande número de pancadas que deu e sofreu durante toda a prova.
Já entre os protótipos da LMPC tudo ficou resolvido nas últimas voltas e a vitória sorriu para o carro da equipe Core Autosport com Colin Braun e Jon Bennett. A vitória foi em cima de outro brasileiro, Bruno Junqueira que fez trio com Tomy Drissi e Roberto Gonzalez que também foram um belo saco de pancadas durante toda a prova.
Entre os GT a história foi outra. O começo foi fantástico para a equipe Aston Martin mas um erro no primeiro pitstop fez a equipe saltar de primeiro para nono. Depois disso o carro não teve o mesmo desempenho e o que se viu foi uma alternância de posições entre BMW, Corvette, Porsche e Ferrari. Prevaleceu o Corvette que fez dobradinha com o #4 Olivier Gavin e Tommy Milner e #3 com Jan Magnussen e Antonio Garcia. Em terceiro chegou o BMW #55 de Jorg Muller e Bill Auberlen.
Na classe LMGTC a disputa também foi acirrada e venceu a equipe TRG com Emilio Guida, Joren Bleekemolen e Bret Curtis.
Muitas equipes prestaram uma homenagem a Carroll Shelby que faleceu neste final de semana. Shelby que fez um dos mais lendários carro o AC Cobra teve seu nome em vários carros. A próxima etapa será em Lime Rock nos dias 6 e 7 de Julho. Abaixo os vencedores em fotos, uma homenagem a Carroll Shelby e os resultados completos.

LMP1

#06 HPD ARX-03a
#06
#16 Lola B12/60 Mazda
#16
LMP2
#95 HPD ARX-03b
#95
#37 Morgan Zyten Nissan
#37
#55 HPD ARX-03b
#55
LMPC
#05 Oreca FLM09
#5
#09 Oreca FLM09
#9
#06 Oreca FLM09
#6
GT
#04 Corvette C6-R ZR1
#04
#03 Corvette C6-R ZR1
#03
#55 BMW M3 E92
#555
GTC
#66 Porsche 997 GT3 Cup
#66
#32 Porsche 997 GT3 Cup
#32
#24 Porsche 997 GT3 Cup
#24
Published
6 anos ago
Categories
ALMSAston MartinCorvetteFerrariFLMLaguna SecaLolaLotusOpiniãoPorscheVídeos
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *