Entrevista–Pascal Vasselon

1110143_article_img_large1

Um projeto ambicioso. Depois de largar a F1 por falta de resultados e política a Toyota voltou seus esforços para Le Mans. Desde que revelou seus planos de construir um protótipo híbrido a equipe comprou briga com a poderosa Audi e espera a longo prazo vencer a força Alemã. Em entrevista ao site Speed.com o diretor técnico da equipe Pascal Vasselon revela detalhes da equipe e a expectativa de correr em Sarthe novamente.

P. Um acidente em Paul Ricard resultou no não comparecimento da equipe em SPA. Como está o programa de desenvolvimento até agora?
R. Houve muitas coisas inesperadas, mas está tudo OK. Nós não estamos aqui para reclamar. Nós completamos três testes de resistência e fizemos um pouco de milhagem, mas não de uma só vez. Nós nunca simulamos uma corrida de 24 horas direta ainda.

P. Todos os objetivos da equipe foram alcançados desde o começo atrasado do programa?
R.  No início da temporada, a nossa meta era ser o primeiro carro híbrido no pódio. Mas é claro que perdemos isso em Spa [o modelo híbrido da Audi chegou ao pódio], assim nós perdemos o alvo. Este não tem como recuperar. Em termos de campeonato, enquanto as coisas estão matematicamente possíveis, vamos lutar. Claro que não estamos em uma situação ideal.Le Mans vai ser difícil para nós, mas as corridas de seis horas serão mais adequadas neste momento em termos de confiabilidade. Eu acho que veremos uma melhora consistente de nossa performance através do campeonato WEC
.
P. Existe a chance de um segundo carro no WEC após as 24 horas?
R. Há uma possibilidade remota para dois carros. Isto depende do orçamento. No momento, é improvável. Eu acho que se tivérmos dois carros no WEC, seria a Fuji.

P. Quando vocês espera a confirmação do programa para 2013?
R. Há negociações interessantes. Eu acho que seria logo após Le Mans Nós também estamos olhando para 2014. Nós temos sido um membro deste grupo de discussão dos regulamentos, por isso estamos interessados. Estamos muito satisfeitos com a direção que as regras estão tomando.

P. Existe algum interesse em trazer o Hybrid TS030 para competir na ALMS?
R. No momento, não podemos definir o nosso programa para o próximo ano, mas com certeza, estamos interessados ​​em corridas nos EUA. É naturalmente, um mercado muito importante para a Toyota e a Toyota América do Norte também está interessada em corridas com o híbrido. É muito cedo para dizer, mas com certeza há interesse em está lá para 2013.
Published
10 anos ago
Categories
24 Horas Le Mans5 perguntasToyota
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.