ByKolles “chegou” a 300 km/h durante testes

ByKooles "chegou" a 300 km/h durante testes

(Foto: Divulgação)

O Vanwall Vandervell LMH, construído pela ByKolles, atingiu 300 km/h durante seu primeiro teste na última quinta-feira, 31, de acordo com o diretor de operações do fabricante.

Assim, a equipe com sede na Alemanha, testou o Hypercar no aeródromo de Zweibrucken, uma antiga pista de corrida onde as rodadas do ADAC Super Touring foram realizadas no final dos anos 90.

Portanto, a equipe vem construindo o Vanwall em suas instalações de Greding nos últimos meses e agora está entrando na fase de testes de pista de seu programa de desenvolvimento.

A intenção é competir no Mundial de Endurance  contra Toyota, Peugeot e Glickenhaus. Foi um grande desafio, mas o carro, desde o início, estava funcionando, o que foi muito bom de ver”, disse Boris Bermes disse ao site Sportscar365.

“Podemos até ir muito rápido; subimos até 300 km/h que era possível neste aeroporto. Verificamos vários sistemas eletrônicos do lado mecânico, para descobrir que tudo está funcionando bem. Estava chovendo, então bastante interessante porque é um desafio ver como tudo está funcionando nessas condições”. 

“Foi para verificar todo o carro. Poderíamos fazer um circuito redondo. Era o layout das antigas corridas do aeródromo”, explicou. 

Portanto, o piloto Christophe Bouchut realizou o primeiro teste do carro, no entanto, espera-se que os pilotos oficiais de desenvolvimento Tom Dillmann e Esteban Guerrieri assumam os testes em breve.

ByKolles e seu cronograma

A princípio, o carro deverá testar e outras pistas europeias nas próximas semanas. Bermes disse que a primeira corrida do Vanwall LMH foi um marco significativo para a equipe. Além disso, ele seguiu Bouchut na primeira volta em Zweibrucken em um carro de apoio e descreveu a sensação como ver um bebê dando seus primeiros passos.

Leia também: ByKolles apresenta protótipo LMH

“Foi ótimo para todos verem após esse longo período, começando de papel em branco, desenvolverem o carro e vê-lo agora funcionando”, refletiu Bermes.Foi realmente algo especial. Mesmo tendo três ou quatro pessoas com 30 anos de experiência na equipe… mesmo para essas pessoas foi um grande momento”. 

“Começamos com um pequeno grupo e construímos um carro, o que é um grande desafio. Foi um grande sentimento para todos da equipe. O próximo passo agora é ir para um circuito de corrida adequado, onde desenvolveremos o carro e verificaremos todos os sistemas”, finalizou o dirigente. 

Entretanto, os planos da equipe é poder competir no WEC ainda este ano. 

Published
4 meses ago
Categories
Sem categoria
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.