Hélio Castroneves, Bruno Senna e Pipo Derani largam na primeira fila em Road Atlanta

(Foto: IMSA)

(Foto: IMSA)

Se os treinos livres já deram as pistas iniciais, a sessão classificatória para a formação do grid ratificou que são elevadas as chances de vitória brasileira na 20ª edição da Petit Le Mans, prova com 10 horas de duração neste sábado, 07,  válida pelo Campeonato Norte-Americano de Endurance. O trio formado por Hélio Castroneves, pelo colombiano Juan Pablo Montoya e o francês Simon Pagenaud conquistou a pole no qualifying de hoje ao bater por pouco mais de um décimo de segundo o time integrado por Bruno Senna, Pipo Derani e pelo local Johannes van Overbeek, que completarão a primeira fila. A largada no circuito de Road Atlanta, em Braselton, no estado da Georgia, começará às 12h05 (Brasília) com transmissão ao vivo pelo Fox Sports 2.

Resultado treino classificatório

Como se esperava, o qualifying se transformou numa dura batalha entre o Oreca LMP2 de Castroneves e seus parceiros e os dois Nissan DPi da Extreme Speed Motorsport – o segundo protótipo da equipe, compartilhado pelo norte-americano Scott Sharp, o escocês Ryan Dalziel e o neo-zelandês Brendon Hartley terminou em 3º, a somente 24 milésimos dos companheiros. “Foi treta. A gente sabia que o Oreca estava um pouco mais rápido, mas que daria para brigar pela pole. E o Pipo e o Brendon fizeram um ótimo trabalho”, ressaltou Bruno.

A Extreme Speed Motorsport queria que Bruno assumisse o cockpit do protótipo no qualifying, mas ele abriu mão da oportunidade. “O Pipo está mais com a mão do carro, já que está em seu segundo ano. Era natural que ele classificasse, porque qualquer diferença seria importante numa sessão tão equilibrada”, explicou. Como determina o regulamento do campeonato, o piloto que leva o carro no qualifying começa a corrida.

Apesar da satisfação pelo resultado, Bruno manteve uma postura cautelosa em relação à prova e às possibilidades de superar os mais velozes da classificação. “É difícil saber qual é o ritmo de corrida de cada um por causa do tráfego pesado nos ensaios. Mas nosso carro está conservando muito bem os pneus, principalmente com a pista mais fria. Isso será importante na parte final da prova, o momento em que as coisas se decidem”, concluiu.

Christian Fittipaldi que compete ao lado de João Barbosa e Filipe Albuquerque no Cadillac #5 da Action Express, larga apenas na nona colocação. 

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.