Porsche pode participar do UCR em 2014

2012-6-Heures-de-Silverstone-CIRCUIT-FG0-3524_hd_thumb-25255B1-25255D

Estreante este ano como equipe oficial depois de um logo tempo, a Porsche pensa na possibilidade de competir na classe GTE no novo campeonato americano o United SportsCar Racing em 2014. Para este ano o apoio que a montadora dava a Flying Lizard deixou de ser fornecido e assim nenhum equipe ostenta o título de “oficial” em um dos maiores mercados automobilísticos do mundo. Em entrevista ao site do canal Speed Hartmut Kristen diretor esportivo da montadora comenta os planos.

“Nosso principal objetivo para o próximo ano é, definitivamente, os EUA. Por outro lado temos que tomar uma decisão porque não queremos ficar fora da classe GTE no WEC. Como você pode imaginar, não é uma decisão fácil, porque é um grande compromisso. Sempre que você tomar a decisão, você tem que estar absolutamente certo de que foi a decisão certa. Mesmo que às vezes não se parece temos recursos limitados.” Comenta.

Desde os primeiros anúncios é sabido que um LMP1 está sendo desenvolvido para 2014 porém Kristen não descarta um programa GTE “oficial” para os EUA.

Se os planos do fabricante se concretizarem o programa GTE será executado pela equipe Porsche AG Team Manthey e o LMP1 pelo ex diretor da BMW na F1 Fritz Enzinger. Sendo assim os EUA ficaram com o GT já que o novo campeonato não comporta modelos LMP1.

Corremos com o que vendemos e vendemos com o que corremos. Portanto, é uma necessidade absoluta para correr com este carro nos Estados Unidos em 2014.Por outro lado, temos o programa LMP1 no WEC, então teremos que ver como combinar tudo isso com os recursos limitados que temos. Há uma série de questões que precisam ser respondidas corretamente antes de fazer um anúncio e dizer: ‘Este é o caminho que estamos indo. “

Resta esperar…

Published
9 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.