Pipo Derani: “Não podemos subestimar o desafio que é competir em Le Mans”

Pipo Derani completa sua sexta 24H de Le Mans com grande resultado. (Foto: Math Langlais)

Pipo Derani conquistou um grande resultado neste domingo (22) em sua sexta participação nas 24 Horas de Le Mans. O piloto foi o quarto colocado no geral na nova categoria Hypercar.

Pilotando pela equipe Glickenhaus Racing, a bordo do Glickenhaus 007 LMH, Derani completou vários excelentes stints, aumentando sua reputação como um dos pilotos mais rápidos e consistentes do endurance mundial.

Ao lado de Franck Mailleux e Olivier Pla, Derani contribuiu significantemente para o acerto geral do carro #708 da Glickenhaus, que fez sua estreia na 89ª edição da maior prova de endurance do mundo.

Largando da quarta colocação, Pla conseguiu chegar ao terceiro lugar no início da disputa, antes de iniciar a estratégia pré-determinada pela equipe para as 24 horas. Derani também andou forte, mostrando suas habilidades e colocou o carro da equipe na briga constante pelo pódio com o Alpine ELF Matmut.

No geral, a equipe ficou muito satisfeita com o quarto lugar em sua primeira disputa em Le Mans, apenas a terceira prova do novo carro. Derani também ficou contente com outro grande resultado e manteve seu índice de 100% de aproveitamento em Le Mans, onde completou todas as provas que disputou desde 2015.

Em suas participações, o brasileiro tem um segundo lugar, dois quartos e um quinto, correndo por três categorias diferentes, o que mostra sua adaptação a diferentes tipos de carros, correndo por equipes privadas e de fábrica.

“Terminar a corrida de uma forma tão competitiva e mostrando ritmo e confiabilidade do Glickenhaus 007 Hypercar foi uma grande recompensa”, declarou Derani.

“Chegar às horas finais com chances genuínas de brigar pelo pódio, nos deixou muito orgulhosos”, continuou. “Isso deve ser visto como um grande sucesso para todos da equipe, em particular ao Jim Glickenhaus, que foi a inspiração para todo o programa”, lembrou o brasileiro de 27 anos.

“Não podemos subestimar o desafio que é competir em Le Mans, especialmente com uma nova equipe e um novo carro. Para mim, foi um privilégio fazer parte do time e ter essa experiência tão valiosa com um hipercarro, neste momento em que as corridas de endurance entram numa nova era”, destacou.

“O futuro parece tão promissor para Le Mans e, de fato, para todas as corridas de endurance, então obter este resultado é muito gratificante e gostaria de agradecer a toda a equipe e, claro, aos meus companheiros Franck e Olivier por essa grande e bem-sucedida experiência”, finalizou Derani.

O brasileiro volta agora suas atenções para o restante da temporada do IMSA WeatherTech Sportscar Championship. Ao lado do companheiro Felipe Nasr, ele é o vice-líder, restando três etapas. A próxima delas acontecerá no dia 12 de setembro, em Laguna Seca, na Califórnia (EUA).

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.