Pipo Derani e Felipe Nasr vencem em Watkins Glen

(Foto: Divulgação)

Estratégia, chuva e uma dose de sorte. Foi assim que Pipo Derani e Felipe Nasr, venceram a etapa sprint realizada nesta sexta-feira, 02, em Watkins Glen. Foi a primeira vitória da dupla do Cadillac #31 na temporada da IMSA. 

Com duração de 2h40, a corrida chegou a ser paralisada por mais de meia hora por conta da forte chuva. Antes disso, Derani que estava na quarta posição naquele momento, adiantou seu pitstop para tentar algumas posições. Ele só não contava com a chuva e interrupção da prova. 

Resultado final da prova

Com o reinício da prova, o #31 foi conduzido por Felipe Nasr que estava na primeira posição, ficando assim até o final da prova. Nasr cruzou a linha de chegada/largada com uma diferença de 1.473 segundos sobre um Cadillac #01 da Chip Ganassi Racing de Renger van der Zande 

O #10 da  Wayne Taylor Racing liderava do green que largou na pole, manteve a primeira posição. Uma estratégia fora da sequência colocou o Cadillac de Derani, na frente antes de uma advertência para o#19 da Grasser Racing Team de Franck Perera.

A bandeira amarela acabou se transformando em vermelha e foi reiniciada com 49 minutos para o fim. Foi quando todos os líderes da classe DPi entraram nos boxes..

Nasr conseguiu retomar a liderança nos boxes, graças a um menor tempo de abastecimento de combustível devido à estratégia anterior da equipe, e manteve a posição por meio de duas reinicializações e até a bandeira quadriculada. Foi a primeira vitória de Nasr e Derani desde Sebring em julho de 2020.

Van der Zande e Kevin Magnussen, que fizeram contato na primeira volta com o #60 da Meyer Shank Racing de Olivier Pla, terminou em segundo, com Albuquerque ficando com o Cadillac #5 da JDC-Miller Motorsports de Tristan Vautier na quarta posição. O Mazda #55 que chegou a ficar na segunda posição, terminou em quinto. 

A vitória na classe LMP2 foi para o #52 da PR1/Mathiasen Motorsports de Mikkel Jensen e Ben Keating. Keating, que largou na pole, não teve adversários, terminando com uma vantagem de 40 segundos  para o #11 da WIN Autosport e #8 da Tower Motorsport by Starworks, que terminaram em segundo e terceiro na classe, respectivamente.

Felipe Fraga vence na LMP3

A Riley Motorsports conquistou sua terceira vitória consecutiva na LMP3, com Felipe Fraga e Gar Robinson. Foi uma dobradinha da equipe com o #74 e #91 (Dylan Murry e Jim Cox) respectivamente. 

A Corvette Racing com dobradinha na classe GTLM. Os vencedores foram Antonio Garcia e Tommy Milner com o #3. Garcia terminou com uma diferença de 1.895 segundos à frente do  Corvette #4 pilotado por Tommy Milner, com o Porsche #79 da equipe WeatherTech Racing.

Lexus com dobradinha na classe  GTD

A Vasser Sullivan Racing conquistou a tão esperada vitória da  temporada, em uma dobradinha com seus Lexus RC F GT3s.

Jack Hawksworth levou o #14 vitória à frente do companheiro de equipe Zach Veach, apesar de ter perdido um pedaço da caixa do farol de seu carro. O co-piloto de Veach, Frankie Montecalvo, liderou no início do com o #12 até a bandeira vermelha. Hawksworth tenha ultrapassado Veach pela liderança da classe logo após o reinício da corrida.

Hawksworth compartilhou o carro com Aaron Telitz.O Aston Martin #23 da The Heart of Racing de Ross Gunn e Roman De Angelis marcou outro pódio em terceiro, à frente do #39 da CarBahn with Peregrine Racing em quarto. O Mercedes-AMG GT3 Evo da Alegra Motorsports completou os cinco primeiros da classe.

Published
1 mês ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.