Nielsen Racing conquista o título do Asian LMS

Nielsen Racing, campeã da Asian LMS 2022. (Foto: Divulgação)

A United Motorsport venceu neste domingo, 20, a quarta etapa da temporada 2022 do Asian Le Mans Series, realizada no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi. Mesmo com as duas vitórias no circuito, os campeões da temporada foram Rodrigo Sales, Matt Bell e Ben Hanley, com o Oreca 07 #4 da Nielsen Racing. 

O trio venceu as  duas primeiras etapas de Dubai, bastando se permanecer na pista nas duas provas seguintes. Joshua Pierson e Paul di Resta com o #23 da United, não tiveram dificuldades em vencer a prova. O trio da Nielsen mesmo chegando em segundo lugar na classe, recebeu uma penalidade de pit stop, este último conseguiu se recuperar com Bell atrás do volante após o segundo Full Course Yellow da corrida.

Resultado final

O companheiro de equipe de Pierson, Paul di Resta, liderou a segunda metade da corrida antes do jovem de 16 anos voltar para a última hora para pegar a bandeira quadriculada. Foi uma corrida cheia de ação para a classe LMP2-Am viu os pole, o #39 da Graff Racing liderar à frente do #29 da High Class, que teve que realizar uma parada extra por conta de um pneu furado. Uma batalha pela liderança entre os dois viu a equipe dinamarquesa entrar em contato com o #2 da DKR Engineering e encerrar sua chance de vencer a corrida.

A ARC Bratislava teve uma corrida forte com Miro Konopka e John Corbett ao volante do #44, mas o contato tardio com o #17 da AF Corsen, e uma unidade subsequente por causar o incidente viu a equipe terminar em segundo na classe, à frente do #49 da High Class Racing de Dennis Andersen, Anders Fjordbach e Kevin Weeda.

Na classe a história da corrida foi o retorno do Ligies #26 da G-Drive Racing de Fabrice Rossello, Xavier Lloveras e Vyaceslav Gutak. Depois que um incêndio causou grandes danos ao carro na Corrida 3, a equipe trabalhou a noite toda para colocar o carro de volta na pista. A história só melhorou para a equipe com o trio trazendo o carro para casa em primeiro lugar na classe. A CD Sport completou as posições do pódio na classe com o #27 de Christophe Cresp, Antoine Doquin e Steven Palette terminaram em segundo à frente de Michael Jensen, Nick Adcock e Edouard Cauhaupe no carro #3 da CD Sport.

Os vencedores da corrida de sábado, o #2 DKR Engineering, tiveram uma corrida para esquecer. Antes do final da primeira hora, o Duqueine M30 D08 Nissan teve um princípio de incêndio por possíveis danos, o que causou um Full Course Yellow. Perto da metade da prova, uma rodada e um contato com o #49 da High Class Racing causaram outro FCY ​​e encerraram a corrida para a equipe de Luxemburgo. A má sorte também atingiu os campeões da LMP3 2019/2020, o #8 da Nielsen Racing de Tony Wells e Colin Noble, que terminou na garagem após danos causados ​​por problemas de aquecimento.

Dobradinha na classe GT par a equipe campeã, Herberth Motorsport que viu o Porsche 911 GT3 R #91 de Alfred Renauer, Robert Renauer e Ralf Bohn vencer à frente de Antares Au, Yifei YE e Klaus Bachler no #33, apesar de uma penalidade de 10 segundos por uma infração de pit stop para o último. A equipe Garage 59 completou o pódio o #88 de Alexander West, Frank Bird e Marvin Kirchofer.

O dia não foi tão tranquilo para grande parte da classe. O #96 da Attempto Racing recebeu um drive through por exceder os limites da pista, juntamente com o #12 da Dinamic Motorsport, #95 da TF Sport e #59 da Garage 59. Enquanto o #6 da Haupt Racing Team foi punido por uma liberação perigosa nos boxes. O #77 da D’Station Racing parou na reta principal após uma perda de direção e causou um FCY. Foi um dia difícil para o #17 da AF Corse  que recebeu um drive through por não respeitar os limites da pista, antes de ser atingido pelo #44 da ARC Bratislava, o que fez com que o Ferrari 488 GT3 batesse na barreira e parasse na curva T3.  A última penalidade foi para o #42 da Optimum Motorsport, que recebeu um drive-through por sair dos boxes sob luz vermelha.

O vencedor da classe GT-Am, o #57 da Kessel Racing, deu uma rodada no início, para se recuperar e vencer a classe com Roman Ziemian, Francesco Zollo e Axcil Jefferies. O #20 da SPS Automotive Performance teve uma penalidade por ultrapassar o #69 da Oman Racing  antes do início da corrida, mas se recuperou para Valentin Pierburg, Ian Loggie e Mikael Grenier para terminar em segundo à frente do #99 do Porsche da Herberth Motorsport Porsche 911 GT3 de Jurgen Haring, Tim M ller e Marco Seefried que completaram as posições do pódio.

Os carros #35 da Walkenhorst Motorsport e #66 da YC Panda receberam uma parada de 3min51s e penalidade por violação de ultrapassagem.

Vencedores da temporada 2022 do Asian LMS:

LMP2: #4 Nielsen Racing Oreca 07 – Gibson

LMP2 Am: #39 Graff Racing Oreca 07 – Gibson

LMP3: #27 CD Sport Ligier JS P320 – Nissan

GT: #7 Inception Racing –  McLaren 720S GT3

GT Am: #20 SPS Automotive Performance – Mercedes AMG GT3

Published
4 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.