Meyer Shank pode disputar Le Mans com equipe 100% feminina

(Foto: Richard Dole)

A Meyer Shank Racing que disputa neste final de semana as 24 Horas de Daytona, pode estar preparando sua participação em Le Mans, na classe LMP2, com uma equipe 100% feminina.

De acordo com informações obtidas pelo site Sportscar365.com, a equipe solicitou sua participação na grande clássica frances com um Oreca 07, e parceria com uma equipe que disputa a ELMS.

Michael Shank, co-proprietário da equipe, não quis comentar. Para ser aceita, a equipe deve passar pelo crivo do Comitê de seleção da ACO. A MSR disputou sua primeira Le Mans em 2016, com um Ligier JS P2 de Oswaldo Negri, John Pew e Laurens Vanthoor.

As especulações apontam que o time seria formado por mulheres. A iniciativa partiu da Jackie Heinricher e conta com o apoio da Caterpillar. Ela não disputa Daytona por conta de problemas na coluna. A brasileira Bia Figueiredo, Simona de Silvestro, Christina Nielsen e Katherine Legge, estarão competindo em Daytona, com um Acura NSX na classe GTD.

Published
3 anos ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *