Mecachrome pode fornecer motores para a IMSA

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A Mecachrome estuda o fornecimento dos seus propulsores para a classe DPi da IMSA. De acordo com informações do site sportscar365.com, o fabricante avalia os pormenores para adaptar seu V6 turbo de 3,4 litros para o certame americano.

Originalmente desenvolvido para a classe LMP1 do WEC, já que as equipes LMP2 são obrigada a utilizar propulsores Gibson, a Mecachrome espera a parceria de alguma equipe. Com a adição de mais um fabricante na IMSA, a convergência com a principal classe do WEC seria cada vez mais viável.

Tanto a Nissan quanto a AER já tem a presença confirmada na classe LMP1m quanto na DPi. O fabricante japonês fornece motores para a By Kolles além da Tequila Patron no IMSA.

 A Mecachrome fornece de forma exclusiva motores para o campeonato de Fórmula 2 da FIA, GP3, além da equipe Renault na Fórmula 1. “O projeto para este novo motor V6 começou há cerca de dois anos e meio”, disse Bruno Engelric, diretor de Mecachrome Motorsport.

“Concordamos em criar novos motores para o GP3 Series e o FIA Formula 2 Championship, então quando o programa LMP1 foi lançado, era óbvio que este motor seria a base perfeita.”

“É óbvio que, na classe LMP1, teremos muita concorrência, então nós realmente temos que tentar. Tivemos que adaptar muitos aspectos e não estamos limitados por regra”

“É uma perspectiva muito emocionante e estamos ansiosos para receber novas equipes que queiram trabalhar conosco”.

A Ginetta revelou no início do ano que todos os seus protótipos estarão equipados com o motor da Mechachrome. Desses a Manor ainda não escolheu qual motor vai utilizar.

Published
4 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *