Marco Andretti e sua estreia na IMSA

(Foto: Divulgação)

O piloto Marco Andretti  deve participar da temporada 2021 da IMSA Prototype Challenge. De acordo com o site Sportscar365, a Andretti Autosport deve participar das etapas de Watkins Glen e Road America.

Marco Andretti participou de testes com o Ligier JS P320 da equipe, no circuito de Sebring. Ele terá a companhia de Jarrett Andretti e Tristan Herbert. Longe dos protótipos há mais de uma década.

Antes do teste da semana passada, Marco retornou a pilotar durante as 24 Horas de Daytona, prova de exibição que não valeu pontos. Ele também pilotou nas 24 Horas de Le Mans Le Mans com um protótipo Acura na classe LMP2 em três corridas em 2008 e fez sua única tentativa em Le Mans em um LMP1. Isso em 2010.


“No momento, eles estão olhando para The Glen e Road America”, disse Marco. Posso pular para outro teste antes disso, mas é para isso que eles estão olhando”.

“Não sei se eles tomaram uma decisão final sobre isso ainda, mas estou meio que deixando Jarett comandar isso. Se ele me ligar e eu estiver livre, vou pilotar”. 

“É quase uma questão de me desacelerar um pouco e dirigir até o limite deles”, explicou Marco. “Você meio que se encontra no limite bem rápido nessas coisas, então eu fui capaz de ser bem rápido em relação aos outros”.

“O LMP3 tem um pouco menos de aderência do que o Acura que eu dirigi, mas eles  são super potentes, então a maior diferença do IndyCar é que eles são ainda mais potentes”.

“É tudo uma questão de manter as velocidades mínimas e manter o ímpeto. Foi aí que consegui encontrar uma boa parte do meu tempo. Nas curvas de alta velocidade, ainda é preciso muito empenho”. 

Objetivo continua sendo Indianápolis

Embora vencer as 500 milhas de Indianápolis continue sendo um objetivo, Marco disse que está “amando a vida” com uma agenda de corridas menos pressionada para 2021.

“Estou meio que no controle do meu próprio destino do ponto de vista das corridas”, disse ele. “Ainda posso ganhar o grande e meio que ser mais diversificado a partir daí. Eu estou por minha própria vontade, o que quer que eu queira dirigir”. 

Marco disse que se sente mais um incentivo para dirigir com Jarett, que é cinco anos mais novo, e trabalhou seu caminho na pista de terra e com carros do GT.

No espaço de um ano, o pai de Jarett, John, morreu após uma longa batalha contra o câncer, e o avô de Jarett, Aldo, irmão gêmeo de Mario, faleceu em dezembro aos 80 anos.

Algo que Jarett disse a Marco recentemente forneceu toda a motivação de que ele precisava.

“Significou muito para mim quando ele disse: ‘Temos que fazer essas corridas acontecerem porque é a coisa mais próxima que vou chegar de dirigir com meu pai’”, Marco lembrou do que Jarett disse.

“Fiquei muito emocionado ao ouvir isso. Seria um prazer copilotar com ele”. Finalizou

 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.