Manthey-Racing completa 25 anos

Amarelo e verde. Cor característica da Manthey-Racing. (Foto: Divulgação)

Manthey-Racing completou nesta quinta-feira, 25, seu 25º aniversário. A empresa, com sede em Meuspath, perto de Nürburgring-Nordschleife, foi fundada em 1996 pelo piloto Olaf Manthey e mantém laços estreitos com a Porsche. Em 2013, Manthey fundiu sua empresa com a Raeder Automotive GmbH. Naquele mesmo ano, a Porsche AG consolidou a colaboração bem-sucedida com uma participação majoritária de 51 por cento e, desde então, vem expandindo sistematicamente a cooperação. Sob a gestão dos coproprietários Nicolas e Martin Raeder, a Manthey-Racing GmbH agora emprega cerca de 200 pessoas. Entre outras atividades, eles foram responsáveis ​ ​pelos  Porsche 911 RSR da equipe de fábrica no Campeonato Mundial de Endurance, bem como o 911 GT3 R  na Nürburgring Endurance Series (NLS) e nas 24 horas disputadas no mesmo circuito.

“A Manthey-Racing tem sido um parceiro importante para a Porsche desde que a unidade de corrida foi fundada em 1996. Conseguimos muito no automobilismo juntos, ganhamos muitas corridas e títulos”, disse Fritz Enzinger, vice-presidente da Porsche Motorsport. “O entusiasmo e profissionalismo da equipe forneceram a base para isso. As duas empresas são estreitamente afiliadas desde 2013 e expandiram sua cooperação para incluir muitas outras áreas de negócios. Por isso, gostaria de expressar minha gratidão e parabenizar a firma Manthey em seu 25º aniversário!”

Olaf Manthey possui uma rica história de sucesso. (Foto: Divulgação)

“Quando fundei a Manthey-Racing em 1996, não conseguia imaginar como a empresa iria crescer. Graças ao enorme empenho de todos os envolvidos e à dedicação à precisão, que é o que conta no automobilismo, conseguimos convencer a Porsche da nossa competência. Hoje, o fabricante de carros esportivos detém até a participação majoritária da Manthey-Racing e isso me deixa orgulhoso”, enfatiza Olaf Manthey. “A decisão de colocar o negócio nas mãos de Nicki e Martin Raeder em 2013 também foi acertada: eles continuarão a administrar a empresa da mesma forma que eu pretendia – profissional, mas com os pés no chão e com coração e alma. Estou ansioso para poder apoiar ativamente o desenvolvimento da Manthey-Racing nos bastidores também no futuro”.

Manthey e sua história de sucesso

Mesmo antes de Olaf Manthey estabelecer sua equipe, o nome Manthey gozava de uma reputação muito positiva no automobilismo. Além de seu bigode característico, o piloto de corrida era conhecido principalmente por seu estilo de corrida lateral destemido e muitas vezes espetacular em corridas de carros de turismo. Em 1990, com 35 anos de idade, o talentoso técnico assumiu o volante de um 911 piloto pela primeira vez. Seu amor pelo desafiador carro esporte com motor traseiro floresceu: na mesma temporada, ele se tornou o primeiro campeão da história da Copa Porsche Carrera. Foi o primeiro e único título na ativa carreira do bicampeão do DTM.

Equipe sempre teve uma forte ligação com a Porsche. (Foto: Divulgação)

Em 1996, depois de vencer 22 corridas no campeonato de longa distância em Nürburgring, Manthey realizou um sonho de longa data e enfrentou a Porsche Supercup com seu time de corrida recém-fundado. Logo em seu primeiro ano, a incipiente equipe conquistou o quarto lugar na classificação por equipes na corrida do campeonato como apoio aos eventos de Fórmula 1.

Em 1997 marcou o início de uma sequência de vitórias – sem paralelo na série de copas únicas até hoje: Manthey e o holandês Patrick Huisman venceram as classificações de piloto e equipe na SuperCup quatro vezes consecutivas. Isso marcou o início de uma história de sucesso notável.

Domínio em Nürburgring

Em 1999, a Manthey-Racing fez sua estreia nas 24 Horas de Le Mans com uma geração 996 do Porsche 911 GT3 R e prontamente venceu a classe GT. Um ano depois, o time mudou-se de Rheinbreitbach para perto de Nürburgring. Não demorou muito para que o fabricante de carros esportivos e o equipamento de corrida se aproximassem ainda mais: em 2006, a Porsche Motorsport entregou as operações da UPS Porsche Junior Team para a Manthey-Racing. Na mesma temporada, a equipe da Eifel apresentou o novo Porsche 911 GT3 RSR pela primeira vez pela Porsche Motorsport. Com sucesso: o início da corrida de 24 horas em Spa-Francorchamps levou direto à vitória na classe.

Nesse ínterim, Manthey tinha como objetivo vencer a corrida de 24 horas em casa. Eles perderam por  três vezes, mas a vitória em 2006 com um 911 GT3-MR pintado de amarelo e verde. E novamente em 2007, 2008 e 2009 com “der Dicke” 911 GT3 RSR. Em 2010, eles chegaram perto de causar outra sensação: o 911 GT3 R Hybrid, campanha da Manthey para a Porsche Motorsport, liderou a corrida de 24 horas em um longo trecho apenas para retirar-se pouco antes da bandeira com uma mola de válvula quebrada. 

Equipe nasceu em 1996. (Foto: Divulgação)

Em 2011, a Manthey-Racing permaneceu novamente invicta em Nordschleife. Para todas as cinco vitórias, o ex-Porsche Junior e atual embaixador da marca, Timo Bernhard, fez parte da tripulação,  com Marcel Tiemann, bem como os eventuais vencedores de Le Mans, Marc Lieb e Romain Dumas, dividindo as funções de direção. Em 2018, a vitória número seis foi para um 911 GT3 R amarelo brilhante, que os fãs apelidaram carinhosamente de “Grello”. Até o momento, nenhuma outra equipe teve tanto sucesso nesta corrida.

A Manthey-Racing tem apoiado a Porsche no Campeonato Mundial de Endurance desde 2013 e garantiu outra vitória na classe em Le Mans no ano de estreia do 911 RSR. Em 2015, a parceria conquistou todos os títulos mundiais na categoria GTE-Pro – bem como na “super temporada” 2018/2019, incluindo uma terceira vitória em Le Mans como parte de uma dobradinha.

Hoje, a Manthey-Racing é uma empresa em expansão, com quatro áreas de negócios. O espectro varia de campanhas de automobilismo para a Porsche no WEC e em Nürburgring-Nordschleife a eventos para a Porsche Racing Experience da Manthey-Racing e o Porsche Service Center. Até o fornecimento de suporte mundial para equipes de clientes. Além disso, a empresa tem seus próprios projetos, como o Cayman GT4 Trophy da Manthey-Racing na Nürburgring Endurance Series (NLS), bem como o desenvolvimento de pacotes “MR” para Porsche GT de corrida e modelos de produção em série. O 911 GT2 RS de 515 kW (700 CV) é um dos carros esportivos legais mais espetaculares para o qual a Manthey-Racing criou um kit de desempenho especial. Com o piloto de testes Lars Kern ao volante, em outubro de 2018, a versão MR superou  Nordschleife em um tempo de 6:40.3 minutos. A Manthey-Racing agora oferece o pacote MR para muitos dos modelos GT da Porsche.

“De bom grado continuamos a filosofia de Olaf Manthey após a fusão de nossas duas empresas, porque combinava com nosso pensamento na Raeder Motorsport”, afirma Nicolas Raeder, diretor administrativo e co-proprietário da Manthey-Racing. “Com a Porsche como parceira e acionista, nossa empresa evoluiu em um ritmo empolgante. E queremos continuar a crescer no futuro e a desenvolver o know-how que adquirimos no desporto motorizado – prestando serviços a pilotos privados, em eventos ou no desenvolvimento de automóveis desportivos de corrida e de estrada. Com nossos funcionários dedicados, mal podemos esperar para enfrentar os próximos 25 anos na emocionante história da Manthey-Racing”, comemora. 

 

Published
8 meses ago
Categories
Porsche
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.