Judd e AIM se unem e produzem motor V10 para a classe LMP1

AER não estará mais sozinha na LMP1 em 2016. (Foto: FIAWEC)

AER não estará mais sozinha na LMP1 em 2016. (Foto: FIAWEC)

A Judd firmou uma parceria com a AIM para fornecer motores para as equipes privadas da classe LMP1 para 2016. A iniciativa é uma alternativa a única fornecedora atualmente presente na classe a AER.

“Nós consideramos cuidadosamente as regulamentações técnicas, em particular a evolução constante do fluxo de combustível para os carros que não tem ERS. Depois de analisar as várias opções que vão desde o turbo V6, V8 ou V10 com diferentes chassis de potenciais construtores para a classe LMP1, concluímos que os V10 AIM montados a 90 graus são a melhor combinação de desempenho, confiabilidade e rentabilidade para as equipes privadas.” Declarou a Judd.

Judd salienta que a sua motor aspirado maximiza o desempenho, operação e manutenção de baixo custo em todos os sistemas. Atualmente apenas a Rebellion Racing e a ByKolles competem na classe LMP1 com motores AER. Segundo o fabricante britânico, pelo menos três projetos LMP1 estão sendo desenvolvidos no momento.

Published
7 anos ago
Tags
, ,
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.