JOTA Sport vence as 4 horas de Red Bull Ring

(Foto: Divulgação ELMS)

(Foto: Divulgação ELMS)

A JOTA Sport venceu as 4 horas de Red Bull Ring na manhã deste Domingo (12) na Áustria.  Harry Tincknell levou o Gibson #38 ao primeiro lugar com uma diferença de 27,478 segundos sob o segundo colocado o Oreca 05 da equipe TDS Racing que encerrou os trabalhos com Tristan Gommendy ao volante.

Tincknell, que dividiu o carro com Simon Dolan e Filipe Albuquerque, marcou a primeira vitória para o #38 no ELMS este ano, sendo o terceiro vencedor diferente em três corridas. Filipe Albuquerque sustentou a ponta na largada, porém com a entrada de dois carros de segurança o piloto português foi incapaz de abrir uma distancia do resto dos competidores.

Resultado final da prova.

Por conta das intemperes a estratégia da equipe do #38 fez o Oreca 03 #33 da Eurasia Motorsports assumir a liderança, até que Pu Jun Jin cometer um erro na volta 52 e o Gibson da JOTA Sport voltou a liderar.

Team LNT vence na classe LMP3. (Foto: Divulgação ELMS)

Team LNT vence na classe LMP3. (Foto: Divulgação ELMS)

Simon Dolan travou uma boa batalha com Pierre Thiriet do Oreca #46. A briga se manteve até o terceiro pit do Oreca 03, que se manteve na segunda colocação. Na saída do carro de segurança o BR01 #27 da equipe SMP Racing acabou perdendo a frente do carro e se chocando no guard rail na reta dos boxes o que motivou novamente a entrada do carro de segurança para limpeza da pista.

Apesar do safety car ser rápido Harry Tincknell foi capaz de ampliar a vantagem, antes de fazer seu pit stop final. Com pouco mais de  20 minutos do fim,Tincknell voltou atrás de Gommendy, mas o #46 Oreca recebeu uma punição por exceder o limite no boxes.  foi dada uma penalização de stop-go e caiu atrás da Gibson novamente.

Na última volta, Gommendy acabou rodando depois de um toque na Ferrari que liderava a classe GTE, mesmo com o acidente o carro voltou e cruzou a linha de chegada na segunda posição.

Ferrari #60 da Fórmula Racing vence na GTE. (Foto: Divulgação ELMS)

Ferrari #60 da Fórmula Racing vence na GTE. (Foto: Divulgação ELMS)

O #37 da equipe SMP Racing acabou na terceira posição, primeiro pódio da equipe Russa na temporada. Em quarto o #41 da Greaves Motorsports e em quinto o Ligier da equipe Krohn Racing.

A classe LMP3 foi mais uma vez uma batalha para terminar a corrida vide o nívei dos pilotos. O #3 da equipe LNT de Charlie Robertson e Sir Chris Hoy chegou na primeira posição mas em 18º no geral. Em segundo o #5 da Villorba Corse ficou em segundo lugar há cinco voltas dos vencedores de classe.

Na classe GTE a batalha pela vitória foi decidida nas últimas voltas. A Ferrari #55 da AF Corse que marcou a pole não conseguir manter a primeira posição na largada e teve que fazer uma prova de recuperação. Com pouco mais de 20 minutos restantes Matt Griffin estava na liderança, seguido por Mikkel Mac e Matteo Cressoni.

ND1_0706

Ferrari #62 da AF Corse vence na classe GTC. (Foto: Divulgação ELMS)

Griffin perdeu a liderança na última volta, quando Mac o superou na volta final. Assim a Ferrari #60 da Formula Racing superou o #55 por míseros 0,667 segundos. Na classe GTC a Ferrari #62 da AF Corse chegou na primeira posição a frente do BMW #59 da equipe TDS Racing.  A próxima próva será entre os dias 05 e 06 de Setembro em Paul Ricard

Published
7 anos ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *