Por que Triupalação de Esqueletos é tão caro?

8 de março de 2022 0 Por Fernando Rhenius

Stephen King sempre enalteceu seus contos. Por várias vezes foram estes contos que botaram comida na mesa, antes de ser reconhecido, como um dos maiores escritores de todos os tempos. King continuou sua produção de histórias curtas. Muitos desses, foram em agradecimento pelos editores e revistas que se dispuseram a publicar seus trabalhos nos primórdios. 

O primeiro livro de contos, Sombras da Noite, foi lançado em 1978. Das 20 histórias apresentadas, sete ganharam adaptações para o cinema. Filmes como Colheita Maldita, Trucks, A Criatura do Cemitério e O Grito do Terror, foram baseados nas contos deste livro. 

Passados sete anos, é apresentado Tripulação de Esqueletos. Na introdução, King deixa claro o prazer de escrever contos, mesmo depois de virar um escritor de sucesso. 

“Um conto é algo inteiramente diverso – um conto é como o rápido beijo de um estranho, no escuro. Naturalmente, nada tem de caso amoroso ou casamento, mas beijos podem ser doces, e é justamente sua brevidade que o torna interessante”. Página 18.

Depois de Tripulação, foram vários livros de histórias curtas. O último, “Com Sangue”, é o exemplo da diversidade do autor. Com apenas quatro histórias, o livro é uma aula (mais uma), de como um mesmo autor consegue diversificar sua narrativa. 

No meio de tantos livros publicados de Stephen King no Brasil, Tripulação de Esqueletos é disparado o volume mais caro, mesmo sendo encontrado em diversos sites de vendas como Amazon, Submarino e no próprio site da editora. Os valores variam de R$67,09 até R$97,90. Mas o que o faz tão caro, já que não está esgotado ou considerado “raro”?

Uma rápida pesquisa, revela o alto custo do livro. (Foto: Reprodução)

Lançado em 1985, o livro reúne 22 contos. O mais famoso é “O nevoeiro”, que possui uma adaptação para o cinema e série. Nem tudo acaba no conto da estranha nuvem. Histórias como: O Macaco, A Balsa, O Processador de Palavra dos Deuses e o Caminhão do Tio Otto, são alguns exemplos de boas histórias, vai da expectativa do leitor e o gosto pelo sombrio. 

Mesmo com livros de Stephen King mais novos, inclusive os  lançamentos, como Tripulação de Esqueletos continua tão caro? Se a desculpa for o número de páginas, não vai colar. Com 528 páginas, Outsider está custando R$ 33,90, Billy Summers (472 páginas) R$ 35,90 e IT (1.104 páginas) está valendo R$52,99. 

Nenhum desses livros possui capa dura ou algum brinde oferecido na venda. De acordo com o site PublishNews, especializado no mercado editorial, o grupo Companhia das Letras, editora que tem entre seus selos o da Suma, foi o que mais vendeu livros entre o período de 21/02/2022 a 27/02/2022. Mesmo com a crise financeira que o país passa, pandemia e fatores externos, o preço de Tripulação de Esqueletos está fora da realidade, até para um livro de Stephen King. 

Uma alternativa poderia ser comprar o livro através da plataforma Kindle, mas até lá, ele é caro, custando R$39,90. 

Um caso de Agatha Christie

Contratos entre editoras e autores são tratados como segredo de estado. Sendo um autor famoso, é evidente que o valor de um lançamento seja elevado, bem como uma obra esgotada. mesmo com custos previstos (editores devem saber) um planejamento deve ser feito. 

A editora HarperCollins, que possui os direitos de publicação dos livros de Agatha Christie, lançará toda a obra da autora, com um novo projeto gráfico em capa dura, traduções e extras.Os primeiros já estão disponíveis valendo entre R$ 20,00 e R$ 30,00, uma valor justo. E não estamos falando de uma autora desconhecida. 

Como os custos de produção, incluindo tradução, projeto gráfico e direitos autorais não são divulgados, fica o questionamento. Tripulação de Esqueletos, que não tem nenhum atrativo extra, não poderia ser mais barato? 

A reportagem enviou o questionamento do preço, para a editora Suma de Letras, mas não houve qualquer tipo de resposta.