IMSA altera calendário para se ajustar a Le Mans

(Foto: IMSA)

Com a mudança de data das 24 Horas Le Mans para os dias 21 e 22 de agosto. A IMSA precisou mexer em seu calendário.  O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 04, pelo o Automobile Club de l’Ouest, motivado pelo crescente avanço da Covid-19 na Europa.

Assim a entidade americana precisou mexer em suas corridas. A IMSA mudou a data da prova da Virgínia para evitar um confronto com a nova data das 24 Horas de Le Mans e adiou o final da temporada em Petit Le Mans. 

Calendário das demais prova da IMSA

Virgínia seria realizada entre os dias 20 a 22 de agosto, mesma data de Le Mans. Em vez disso, as categorias GT Le Mans e GT Daytona irão para o VIR para uma corrida em 9 de outubro. Ela servirá como a rodada final da Copa IMSA WeatherTech Sprint.

O evento em Virgínia de volta a outubro está definido para permitir que as equipes e pilotos das classes GT do WeatherTech Championship participem da corrida francesa. No entanto, a nova data faz parte do fim de semana em que o final da temporada em Petit Le Mans seria originalmente agendada.

A IMSA devidamente transferiu Petit Le Mans. para 13 de novembro. A nova data do Petit Le Mans cai no mesmo fim de semana de meados de novembro como as primeiras 24 Horas de Sebring da Creventic.

Le Mans com público

O presidente da ACO, Pierre Fillon, comentou que seria “impensável” para a ACO organizar a prova a portas fechadas pelo segundo ano consecutivo.

“Embora tenha sido uma decisão difícil de tomar, é a certa”, disse ele. “Realizar as 24 Horas de Le Mans com os portões fechados pelo segundo ano consecutivo seria impensável. Estamos, portanto, fazendo todo o possível para evitar que isso aconteça e para dar às equipes uma visão clara de toda a temporada”.

“Estamos trabalhando muito para realizar um evento seguro, com todos os cuidados necessários. A corrida deste ano promete ser outro thriller com a estreia da nova classe Hypercar”, finalizou. 

A decisão de adiar Le Mans provisoriamente move a corrida de 24 horas da terceira rodada para a quarta rodada do calendário do 2021 do Campeonato Mundial de Resistência da FIA.

Le Mans fica  entre as 6 Horas de Spa em maio e as 6 Horas de Monza em julho, mas agora acontecerá cinco semanas após a rodada italiana.

Calendário da IMSA revisado

22-24 Jan.  – Roar Before Rolex 24 (DPi, LMP2, LMP3, GTLM, GTD)
28-31 Jan.  – Rolex 24 em Daytona (DPi, LMP2 *, LMP3 *, GTLM, GTD)
17-20 março – Mobil 1 Doze horas de Sebring (DPi, LMP2, LMP3, GTLM, GTD)
14-16 maio – Mid-Ohio Sports Car Course (DPi, LMP3, GTD)
4-5 junho – Detroit Belle Isle (DPi, LMP2, GTD **)
24 a 27 de junho – Seis horas do Vale de Sahlen (DPi, LMP2, LMP3, GTLM, GTD)
2 a 4 de julho – Canadian Tire Motorsport Park (DPi, LMP3, GTLM, GTD ** )
16 a 17 de julho – Lime Rock Park (GTLM, GTD)
6 a 8 de agosto – Road America (DPi, LMP2, LMP3, GTLM, GTD)
10 a 12 de setembro – WeatherTech Raceway Laguna Seca (DPi, LMP2, GTLM, GTD)
24 a 26 de setembro – Long Beach (DPi, GTLM, GTD)
7 a 9 de outubro – Virginia International Raceway (GTLM, GTD)
11 a 13 de novembro – Motul Petit Le Mans (DPi, LMP2, LMP3, GTLM, GTD)

* Corridas LMP2, LMP3 não contam para pontos ao longo da temporada
** Apenas Copa IMSA WeatherTech Sprint

Published
1 mês ago
Tags
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.