Foco da Alpine será a Fórmula 1

(Foto: Divulgação)

Com equipes no Mundial de Endurance e Fórmula 1, a Alpine focará seus esforços na F1, tendo como pilar os protótipos do WEEC. A afirmação foi feita pelo chefe da equipe, Laurent Rossi, ao site PlanetF1. 

Rossi tem como objetivo, de que sua equipe vença corridas e o Campeonato Mundial de F1 até a temporada 2024 ou 2025, mas mantém sua equipe no WEC. Mesmo com o anúncio do projeto de um protótipo LMDh, os recursos não preocupam Rossi, já que a Alpine é uma marca do grupo Renault. 

Ele acrescentou que a Alpine está procurando correr no mesmo cronograma que a Mercedes e a Red Bull na construção de uma infraestrutura vencedora, e disse que a Fórmula 1 continua sendo a principal prioridade da empresa. “Acima de tudo, é a visibilidade global que a F1 nos dá e que nos permite produzir nos países que são importantes para nós”, disse Rossi. “As corridas de endurance são uma espécie de complemento da Fórmula 1”. 

A Alpine se comprometeu com um protótipo LMDh além de 2024 com a esperança de superar marcas como Porsche, Audi, Ferrari e Toyota. Rossi afirmou que os custos no WEC são pequenos. “É uma história um pouco diferente porque a equipe não é Alpine. É uma parceira, com a Signatech, que faz isso por nós. Então não é como se controlássemos tudo. Colocamos nossa confiança em suas mãos e fornecemos o trem de força”. 

“Com um investimento adicional muito modesto, podemos obter muitos benefícios entre a Fórmula 1 e as corridas de resistência, e entre as corridas de resistência e os carros, porque os carros de estrada da Alpine provavelmente conterão uma grande parte da tecnologia dessas duas áreas”, enfatizou. 

 

 

Published
4 meses ago
Categories
Sem categoria
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.