Extreme Speed satisfeita com estreia dos novos Liger

2015-6-Heures-de-Spa-Francorchamps-WEC-Adrenal-Media-DEP-6169-2_hd

A equipe americana Extreme Speed Motorsports classificou como boa a sua participação nas 6 horas de SPA que aconteceram neste Domingo (03). Com seus dois novos Ligier JS P2 entregues poucos dias antes da prova e sem treinar com o carro a equipe liderada por Scoot Sharp conseguiu um oitavo e nono lugar na classe LMP2.

Na sessão de qualificação de sexta-feira, a equipe conseguiu a sétima e nona. Como um dos carros adversários acabou não passando na verificação técnica depois do treinos os dois carros da ESM, herdaram uma posição.

Assim o #30 largou em sexto, enquanto o #31 na oitava. Ainda na largada Ryan Dalziel, no #30 acabou se envolvendo em um toque, obrigando o carro a ser reparado nos boxes. Com uma posição longe dos líderes Dalziel voltou a pista para aprender mais sobre o carro do que necessariamente lugar por posições, na sequência acabou passando o volante para  David Heinemeier Hansson. Assim Heinemeier conseguiu “virar” voltas no mesmo tempo dos líderes da classe. Com uma diferença de 20 voltas para os primeira o #30 não conseguiu ter tempo suficiente para lutar por uma melhor posição.

Para o carro #31, Johannes van Overbeek começou a corrida e não enfrentou problemas com o carro, entregado a Ed Brown com uma confortável posição entre os primeiros. Brown manteve o ritmo constante. Terceiro piloto a correr, Jon Fogarty também vinha em um ritmo tranquilo, mas acabou enfrentando problemas como o carro, obrigando a uma parada não programada nos boxes. A equipe fez o reparo. Com menos de uma hora para o término da prvoa, van Overbeek retornou ao cockpit e completou a prova.

O dono da equipe Scoot Sharp se diz satisfeito com a estreia da equipa, mas sabe que o caminho para Le Mans ainda é longo. “Temos um longo caminho a percorrer para conhecer e guiar o carro de maneira corretra. Agora, temos a maior corrida do ano à nossa frente e temos muito trabalho a fazer. Acabamos testando o carro durante a prova, já que eles foram entregues muito perto das 6 horas de SPA. Aprendemos muito e fizemos um bom trabalho. Agora é estudar os resultados e nos preparar para os testes para Le Mans.”

Published
7 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *