DragonSpeed completa formação de pilotos para a ELMS

Equipe estreia nas 12 horas de Sebring em Março. (Foto: DragonSpeed)

Equipe estreia nas 12 horas de Sebring em Março. (Foto: DragonSpeed)

A equipe DragonSpeed completou a sua formação de pilotos nesta quarta (24) com a contratação de Ben Hanley. O piloto inglês de 31 anos estará ao lado de Nicolas Lapierre e Henrik Hedman.

“É um verdadeiro prazer poder contar com Ben na equipe”, disse o chefe da equipe, Elton Julian.“Seu talento e determinação têm demonstrado ao longo dos altos e baixos de sua carreira, e ele é super motivado para fazer seu retorno em carros desportivos.”

“Nós vemos Ben como a forte piloto com categorização Prata, para completar nosso plantel na ELMS, e estamos ansiosos para trabalhar com ele.”

Depois de passar por várias séries de monoposto em 2005, incluindo a Fórmula Renault e GP2, Hanley, retornou ao kart em 2008, e ganhou uma série de eventos, tanto na Europa e mundiais.

Títulos vieram em 2009 e 2010 no Euroseries 3000 e Fórmula Superleague. “Estou muito feliz por se juntar DragonSpeed ​​para os ELMS, em 2016”, disse ele. “Esta será a minha primeira temporada em carros desde 2010 e pela primeira vez em carros desportivos, então eu preciso aprender uma nova disciplina ao mesmo tempo.”

“Mesmo assim, eu pretendo ter a velocidade necessária para me equiparar aos meus companheiros. Estou ansioso para visitar Sebring [para o teste da IMSA nesta semana] e conhecer a equipe melhor antes de eu pilotar na Europa.” Finalizou

Nic Minassian irá completar a formação da equipe para as 12 Horas de Sebring do próximo mês, juntando-se Hedman e Lapierre.

 

Published
6 anos ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *