Daniel Serra competirá no Mundial de Endurance

(Foto: Divulgação)

O piloto Daniel Serra irá substituir de Davide Rigon na temporada 2021 do Mundial de Endurance. Competindo na classe GTE-Pro, Serra, será companheiro de Miguel Molina na Ferrari 488 GTE Evo. 

A dupla será acompanhada em Le Mans por Rigon, que também representará as equipes da Ferrari na Asian Le Mans Series e no GT World Challenge Europa. James Calado e o atual campeão da GTWC Europe Endurance Cup, Alessandro Pier Guidi, irão mais uma vez pilotar a Ferrari #51 da AF Corse.

Serra tornou-se piloto de fábrica da Ferrari no final de 2019, após obter vitórias na classe em Le Mans e Petit Le Mans. O brasileiro de 36 anos, que também venceu em Le Mans com a Aston Martin em 2017.Ele competiu em vários campeonatos GT3 e GTE em 2020.  

“Meu objetivo era disputar o WEC e estou muito feliz por entrar na temporada 2021”, comentou Serra.

“Conheço a equipe e o meu companheiro de equipa muito bem e acho que podemos jogar bem juntos. Estou me preparando o melhor que posso para estar pronto quando a temporada começar”, explica. 

Até o momento serão quatro carros na classe GTE-Pro, duas Ferrari e dois Porsche.

Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.