Circuito de Mosport volta a IMSA

Circuito de Mosport volta  para a IMSA

(Foto: Divulgação)

A IMSA confirmou nesta sexta-feira, 14,  que retornará ao circuito de Motorsport Park pela primeira vez em três anos, com corridas entre os dias de 1 a 3 de julho. As datas dependem do atual requisito de entrada de vacinação COVID-19 do Canadá.

O órgão sancionador distribuiu informações do evento e documentos de viagem aos competidores na quinta-feira, naquela que marcará a primeira viagem da série ao norte da fronteira desde o início da pandemia.

“Após um hiato de dois anos devido à pandemia mundial do COVID-19, a IMSA está animada em confirmar o retorno ao Canadian Tire Motorsport Park de 1 a 3 de julho de 2022”, escreveu o presidente da IMSA, John Doonan.

Leia também: Ferrari apresenta o 296 GT3

“Nossa visita de verão a Ontário se tornou um marco do IMSA WeatherTech SportsCar Championship e a edição deste ano do SportsCar Grand Prix verá o IMSA Michelin Pilot Challenge e o IMSA Prototype Challenge se juntarem.”

De acordo com as regras atuais do Canadá, todas as pessoas que entram no país devem estar totalmente vacinadas, com pelo menos duas doses de uma vacina COVID-19 aceita pelo governo, uma mistura de duas vacinas aceitas ou pelo menos uma dose da vacina Janssen/Johnson & vacina Johnson.

Além disso, os EUA atualmente exigem que os passageiros que chegam do Canadá por via aérea tenham prova de um teste COVID-19 negativo – antígeno ou PCR – realizado no prazo de um dia após a partida do voo nos Estados Unidos.

Em sua carta, Doonan disse que as equipes que optarem por não participar do evento CTMP ainda permanecerão elegíveis para o prêmio em dinheiro no final do ano, mas não serão reembolsadas das taxas de inscrição se registradas como participantes premium da temporada completa.

 

Published
1 mês ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.