ByKolles apresenta protótipo LMH

ByKolles apresenta protótipo LMDh

Agora vai? (Foto: Divulgação)

A equipe ByKolles apresentou no último dia 25 de março, o seu protótipo Hypercar, que disputará o Mundial de Endurance. O dono da equipe, Colin Kolles, fez a declaração após a divulgação de imagens do carro completo, que começará a ser testado no próximo mês.

Assim ele consegue reverter a negativa da homologação, que aconteceu em janeiro deste ano. “Se recebermos as boas-vindas, estaremos prontos para correr”, disse Kolles ao Motorsport.com. Contudo, ele não sabe se o carro estará na pista em 2023.Isso não é para mim discutir porque não está em nossas mãos. Tudo o que posso dizer é que construímos um produto com um padrão muito alto”. 

Testes adiados

Kolles explicou que o novo protótipo, batizado de Vanwall Vandervell LMH, começará a ser testado na primeira semana de abril. Kolles disse que uma decisão sobre quem fará as primeiras voltas no carro ainda não foi tomada, mas é provável que sejam Tom Dillmann e Esteban Guerrieri. Os Pilotos de teste da equipe no ano passado e devem pilotar o carro ao lado de João Paulo de Oliveira.

“Estamos apenas verificando seus horários agora”, disse ele. O dono da ByKolles explicou que está em estágios avançados do Vanwall LMH (novo nome do carro), porque o design será a base de um carro de estrada e uma máquina de pista. “Não temos nada por escrito, exceto que nossa inscrição não foi aceita”, disse ele. Não estou ciente de 100% dos motivos”, disse.

Entretanto, ele explicou que os atrasos se deram por conta do uso da marca Vanwall, a pandemia do Covid-19 e do Brexit. O carro já estaria testando em preparação para a etapa de Spa se a equipe tivesse recebido sua entrada para retornar ao WEC desde a temporada de 2019/20.

“Poderíamos ter corrido mais cedo, mas depois que descobrimos que nossa inscrição não foi aceita, não houve necessidade de pressa”, disse Kolles.

Nome utilizado pela ByKolles é legal

A princípio, ele insistiu que não há disputa sobre os direitos do nome Vanwall, dizendo: “O nome pertence a nós; nós o registramos.”

Uma entidade britânica conhecida como Vanwall Group anunciou planos em 2020 para construir uma série de seis réplicas de continuação do VW5 vencedor do campeonato mundial de Fórmula 1 de Michael Hawthorn em 1958.

Leia também: Etapa do WEC em Spa-Francorchamps com 37 inscritos

Por fim, o Vandervell LMH, que leva o nome do fundador da Vanwall, Tony Vandervell, teve seu projeto inteiramente na sede da ByKolles na Alemanha e fabricado pela equipe. Assim, o protótipo é movido por um motor Gibson V8 de 4,5 litros aspirado, o último dos três motores usados ​​no antecessor do Vanwall, o CLM P1/01, que correu no WEC entre 2014 e 2019/20.

Published
3 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista MTb 6873/SC, formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.