Zanardi: “Estou pronto para Daytona”

Alessandro Zanardi em Daytona 2

Zanardi vai disputar a prova com um volante adaptado. (Foto: BMW)

Alessandro Zanardi é aquele piloto que por onde passa, vira o centro das atenções. Desde que perdeu as duas pernas em um acidente na Fórmula Indy em 2001, o italiano vem se superando. Competiu em diversas modalidades automobilísticas e virou medalhista olímpico.

Se próximo desafio será as 24 Horas de Daytona, primeira etapa da temporada 2019 da IMSA nos Estados Unidos no BMW M8 GTE #24 ao lado de  John Edwards , Jesse Krohn e Chaz Mostert. O carro é equipado com uma alavanca de freio especial que permite que a Zanardi freie à mão. Confira abaixo sua expectativa sobre a prova, em um entrevista dadas neste domingo, 07, em Daytona

Alessandro, Daytona não é apenas uma corrida, é uma das mais importantes corridas de 24 horas do mundo. O que você acha de Daytona?

Alessandro Zanardi: “Daytona é uma corrida que, quando eu estava correndo nos Estados Unidos, muitos dos meus colegas e rivais estavam envolvidos, já que as datas nunca se chocaram com nenhuma das corridas do campeonato Indycar. Eu nunca tive a oportunidade, por algum motivo, de ter esse gostinho, mas ouvir meus colegas falando sobre o evento, como é bom, a empolgação deles, o que eles tinham a dizer sobre isso, me deixou muito curioso e foi um há muito tempo, muito tempo atrás, quando eu disse: mais cedo ou mais tarde, eu quero estar em Daytona. Então, finalmente ter a oportunidade de ir lá, não apenas para fazer parte, mas para ir até lá com uma máquina muito competitiva, representar a BMW com o melhor de minha capacidade como piloto e como embaixador da marca, é fantástico.”

No final de semana, você e a BMW Team RLL completaram o ensaio para a corrida de 24 horas, o ‘Roar’. Você está bem preparado?

Zanardi: “Você nunca está preparado o suficiente. Você nunca se sente totalmente preparado, mesmo quando a corrida está prestes a começar e você está começando na pole position. O ‘Roar’ foi um teste muito importante, mas você não sabe como as pessoas vão se comportar para a corrida, onde elas realmente mostram todo o potencial de seus carros. Mas é o jogo. Você apenas tenta fazer o melhor que pode, analisa todas as informações que coletou.  nos sentimos bastante confiantes de que fizemos um bom trabalho. ”

Você desfrutou de uma recepção esmagadora no paddock e pelos fãs dos EUA. Isso faz você ansiar pelo fim de semana da corrida bom?

Zanardi: “Sim, para dizer o mínimo. Eu sabia que seria especial, mas francamente não esperava que fosse especial. Uau! Para a corrida, será provavelmente ainda mais. O entusiasmo dos fãs pelos carros que estão correndo já está no céu, mas sempre que eu passava por algum motivo eu conseguia detectar uma centelha de entusiasmo ainda mais explosiva. As pessoas estavam sinceramente felizes e alegres ao me ver dando voltas. E todos aqueles que tiveram a oportunidade de vir e dizer algo para mim não esconderam nada disso. Eles foram muito, muito calorosos em seus comentários e encorajadores ao mesmo tempo e respeitosos. Estou muito, muito tocado pelo apoio que recebi. ”

Alessandro Zanardi em Daytona

Ele vai estar ao lado de John Edwards , Jesse Krohn e Chaz Mostert. (Foto: BMW)

No ‘Roar’, toda a equipe de 24 horas se reuniu na pista. Como você se dá com seus companheiros de equipe?

Zanardi: “Ótimo! Esses caras são ótimos. Jesse, Chaz e John são muito, muito talentosos pilotos, muito profissionais e é fantástico e também muito útil estar em tal equipe, porque estar em uma equipe com esses pilotos é uma enorme vantagem. É inevitável sentir a pressão porque eu realmente gostaria de me apresentar no nível deles e, além dos meus problemas pessoais, da minha idade e de qualquer outra coisa, é uma questão de o talento deles conhecer o carro do jeito que eles fazem. Vou tentar o meu melhor, mas até agora tudo bem. Eu não estou tão me sentido para trás, na verdade.”

E que tal trabalhar com o BMW Team RLL?

Zanardi: “Todos os membros da equipe, começando com os caras da BMW M Motorsport que vieram de Munique para apoiar a equipe são parte integral da organização BMW Team RLL, são muito profissionais, mas também animados. Você pode dizer que eles estão todos muito, muito felizes de estar aqui, eles são totalmente dedicados e você pode ver a paixão pelo que eles fazem. Eles querem fazer tudo o que puderem para levar a sorte a nosso favor, porque no final do dia ainda é uma corrida, e na verdade é uma corrida de 24 horas onde há muitas coisas que poderiam dar errado e você só pode controlar até um certo ponto. ”

Seu novo sistema de freios com a alavanca provou ser um benefício físico no BMW M8 GTE?

Zanardi: “Fisicamente falando, é incomparável. É como noite e dia comparado ao que eu estava fazendo antes. Então, sim, isso ajuda muito mais do que esperávamos quando começamos a investigar soluções para seguir essa direção. Então, sim, desse ponto de vista, é 100% um sucesso. Ainda acho que para mim negociar as coisas, algumas das ações que tenho que fazer, ainda sou estudante. E espero poder aprender um pouco mais, mas terei 24 horas para analisar meus dados mentais e tentar desenvolver a técnica correta. ”

Qual será o maior desafio durante a corrida de 24 horas?

Zanardi: “Para ficar longe de problemas. Porque eu já vi ao longo do ‘Roar’ que quando você tem um protótipo rápido chegando e um GT lento na sua frente, você é como presunto em um sanduíche. E você não quer ser mordido. Portanto, ficar longe de problemas não é tão fácil ”.

Quando a bandeira quadriculada sai no domingo, 27 º de janeiro – o que seria o resultado para você dizer que você está feliz?

Zanardi: “Bem, eu não ficarei totalmente feliz porque quando acabar, acabou. Mesmo que acabemos vencendo quero aproveitar o máximo. ”

Published
3 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *