Wayne Taylor vence em Mosport

Irmãos Taylor chegam a poucos segundo do #31 da equipe Action Express. (Foto: Divulgação equipe)

Irmãos Taylor chegam a poucos segundo do #31 da equipe Action Express. (Foto: Divulgação equipe)

A equipe Wayne Taylor Racing venceu a etapa de Mosport válida pelo TUSC, na tarde deste Domingo (12) no Canadá. O #10 dos irmãos Jordan e Ricky Taylor superou o Corvette #31 de Eric Curan e Dane Cameron.

O #10 foi ajudado e muito por uma parada lenta do #31 da equipe Action Express que estava sendo pilotado por Dane Cameron. Faltando pouco mais de 9 minutos para o fim da prova que durou duas horas e quarenta minutos. Mesmo com pneus melhor o #31 não conseguiu inverter a vantagem do carro #10 e chegou a 0,477 de diferença no final da prova.

Resultado final da prova. 

Esta foi a primeira vitória da Wayne Taylor Racing desde Long Beach. Lembrando que a equipe liderava em Watkins Glen no mês passado quando também liderava a prova. Dane Cameron e Eric Curran acabaram na segunda posição mesmo após ter problema no pneu traseiro esquerdo.

Em terceiro o Ligier #60 da equipe Michael Shank Racing de Oswaldo Negri e John Pew que terminaram a prova sem a direção hidráulica do carro. Mesmo com os problemas foi de Negri a melhor volta da prova, 1:10.200. Richard Westbrook e Michael Valiante mantiveram a liderança do campeonato pela equipe VisitFlorida.com e terminaram na quarta posição. Em quinto lugar o Corvette DP #5 da equipe Action Express de João Barbosa e Christian Fittipaldi que poderiam ter terminado em uma melhor posição, o que lhes foi negado por conta de um furo de pneu nas voltas finais.

11695492_900004306731897_5287540826934178439_n

Primeira vitória da Core Autosport na classe PC este ano. (Foto: Divulgação equipe)

O #01 da equipe Chip Ganassi Racing de Scott Pruett e Joey Hand foram punidos com um “stop and go” de 60 segundos por ter saído dos boxes com eles fechados e terminaram na sexta posição.

Na classe PC a CORE Autosport conquistou sua primeira vitória no campeonato, com Colin Braun e Jon Bennett. Com o resultado e a constância aumentaram a pontuação na liderança do campeonato.

Colin Braun assumiu a liderança na segunda hora, após a segunda rodada de pit stops e não foi mais incomodado. Em segundo e com uma volta de desvantagem o #16 de Sean Rayhall e John Falb.

A vitória do #54 também ocorreu sem o carro ter direção hidráulica e marcou a primeira vitória da equipe desde as 6 horas de Watkins Glen do ano passado. Em terceiro chegou o #85 da equipe JDC/Miller Motorsports de Mikhail Goikhberg e Matt McMurry.

Porsche vence na classe GTLM. (Foto: Porsche AG)

Porsche vence na classe GTLM. (Foto: Porsche AG)

O segundo e terceiro lugar acabaram se beneficiando por problemas de seus adversários. O Oreca #8 da equipe Starworks Motorsport enfrentou problemas na parte traseira do carro e perdeu 30 minutos nos boxes para reparos. Outro que enfrentou adversidades foi o #38 da Performance Tech que não completou nem uma hora de prova.

Outro que ficou pelo caminho foi o #52 da equipe PR1/Mathiasen Motorsports que chegou na quinta posição e poderia ter ido além depois de ter enfrentado problemas de direção. Em quarto lugar o #11 da RSR Racing de Bruno Junqueira e Chris Cumming.

Na classe GTLM a única que participou da prova entre os GTs teve um domínio da equipe Porsche que conquistou a primeira vitória da equipe este ano no TUSC.

O #991 de Nick Tandy e Patrick Pilet superou o BMW #24 de John Edwards e Lucas Luhr. Esta foi a segunda vitória consecutiva da Porsche, já que na última prova as 6 horas de Watkins Glen foi vencida pela Falken Tires.

Em terceiro o Corvette #3 de Antônio Garcia e Jan Magnussen. Na quarta posição o BMW #25 de Bill Auberlen e Dirk Werner e na quinta posição o Corvette #4 completou os cinco primeiros. Problemas de motor do Porsche da Falken Tires fizeram o 911 abandonar com menos de 30 minutos para terminar a prova.

A próxima etapa será entre os dias 24 e 25 de Julho em Lime Rock Park.

Published
3 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *