Últimas notícias da ACO

affiche_fete_aco_hd

A ACO para o automobilismo francês é como a CBA para o Brasil. Além das 24 horas de Le Mans a entidade controla e ajuda em leis de transito e tudo o que é relacionando quando o assunto é carro.

Para “prestar” contas a entidade irá promover no dia 28 de Setembro uma festa aonde irá prestar contas do ano que  mal começou. Corridas de moto, caminhões, escola de pilotagem da Porsche e Pescarolo  além de eventos com carros clássicos.

No final de semana teremos etapas do campeonato francês de GT. Para Jean-Claude presidente da ACO a festa é importante para a entidade. “Ao criar a Festa da ACO, o nosso compromisso é oferecer aos nossos membros a oportunidade de experimentar durante os três dias de portas abertas todos os componentes que fazem a Automobile Club de l’Ouest  um clube à parte. Desde 1906, ano da sua criação, todos os membros e beneficiários do ACO sempre estiveram no centro das preocupações dos gestores e líderes. Este evento é deles. Não só para apreciar o espetáculo de todos os testes e outros eventos de prestígio. O mais variado e original será possível organizar em nossas pistas, mas especialmente para ser os atores principais Sem os nossos membros do nosso Clube não poderia existir. Esta Festa da ACO Para eles.”

mascotte
A entidade também apresentou o Leon, que é o mascote do Museu Le Mans. Seu nome vem de um dos primeiros automóveis a correr em Sarthe o Leon Bollée, e foi criado com a colaboração do centro cultural de Le Sarthe. Sua criação é do belga Peter Elliott que teve a permissão de Gerard Bollée filho do criador do Leon original.
O mascote irá ajudar a ACO a atrair as novas gerações para o fabuloso universo de Le Mans e a presentar a elas os automóveis que fizeram sua história.
Published
9 anos ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *